Hogwarts Revelium
MSN GROUP
group1378820@groupsim.com
15 de Outubro
sexta-feira
a temperatura agradável permite que os habitantes de Hogwarts andem com roupas leves. Durante o dia o céu é claro e bonito, fazendo com que os jardins fiquem lotados por alunos em busca de um banho de sol. A noite o céu é estrelado e há um grande movimento de alunos em direção a Hogsmeade por causa de uma festa que o diretor permitiu a presença destes.
AÇÕES:
- aula de aritmancia para o 7° ano
- aula de poções para o 6° ano
- festa no Pub MixysBars, em Hogsmeade




Últimos assuntos
» Bate-Papo.
Dom Jul 17, 2011 4:17 pm por Dominic Harvey

» 15 de Outubro - Noite
Seg Jun 27, 2011 11:43 am por Lucca Ragazzi

» Pegunta idiota, Resposta cretina...
Dom Jun 19, 2011 11:16 pm por Ethan Miller

» Confesso que...
Ter Jun 14, 2011 5:52 pm por William Kane

» 15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde
Dom Jun 12, 2011 3:28 am por Rosalie Marie Stewart

para parceria,
entrar em contato com:
hogwarts.revelium@hotmail.com

15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Ir em baixo

15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Hufflepuff Pride em Qua Mar 16, 2011 8:49 pm

DATA: 15 DE OUTUBRO
PERÍODO: NOITE
LOCAL: PUB MIXYSBARS


Uma festa é concedida aos alunos de Hogwarts devido ao cansaço escolar.
O Pub é vigiado por aurores por questão óbvia de segurança.
avatar
Hufflepuff Pride
Administrador
Administrador

Mensagens : 142

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Serena Winchester em Dom Mar 20, 2011 10:54 pm


My mama told me when I was young
We are all born superstars
She rolled my hair and put my lipstick on

    Hey vamos para festa se divertir por que estou farta de escola. Pensei me olhando no espelho escolhendo um vestido que ficasse bom para uma festiva noite. Finalmente achei o vestido perfeito com um comprimento bom nem muito curto nem muito longo, mas ainda sim que chamaria atenção em minha silhueta perfeita. Já tinha idéia de qual sapato eu colocaria o cabelo iria solto e todo cacheado. Fui tomar um banho e passei minha loção perfumada quando voltei já era hora de me trocar e ir. Estava feliz e tinha a sensação que a noite prometia, mas do que uma agitação.

    Logo estava glamurosa e pronta. Retoquei o batom rosado e passei mais um pouco de maquiagem, mas nada que ficasse exagerado, não gostava de chamar tanta atenção por mais que parecesse que sim. Sorri e peguei apenas a minha varinha, pois ela sempre ajuda independente de qual seja o seu problema um bom feitiço sempre ajeita tudo. Fechei a porta do quarto, era possível ver vários alunos saindo de seus dormitórios para ir à festa. Descia a escada com uma verdadeira dama, não sendo rápida demais ou lerda demais. Mas tenho que dizer que procurava impressionar certo garoto.

    Depois de alguns minutos eu já passava pelo portão do povoado bruxo e me direcionava até onde estava começando a festa, tinha aurores do lado de fora e aquilo era deprimente, eles não nos deixavam em paz, eu podia os comparar com dementadores atrás de presos de Askaban. Não sabia se minha cara irmanzinha apareceria, eu não me importava com ela e nem com ninguém. Entrei e uma música agitada começou, animando o local e fazendo-me abrir um sorriso sexy na face. Fui para o centro do salão e comecei a andar no ritimo da música.

    Era como se eu tivesse ensaiado aquela música por décadas e agora cada passo que eu dava era perfeito com a sincronia da música. Alguns alunos que passavam admiravam os passos perfeitos outros a roupa perfeita que eu havia escolhido para a ocasião. Quando a música acabou eu sai dali do centro do salão e fui até um balcão onde me sentei e fiquei admirando o local festivo. Tudo era complicado em meus pensamentos, mas nem por isso deixava de ser um raciocínio.


NOTES: Aberto a interação.
TAG: Ninguém
SHEETS: Click Here!
MUSIC: Born This Way - Lady Gaga
NUMBER: One.
TEMPLAT: Eu mesma.
LOCATION: PUB MIXYSBARS .
avatar
Serena Winchester
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 6

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Maxwell Ford em Sex Mar 25, 2011 12:04 am

Nobody said it was easy
No one ever said it would be this hard


15th October 2010, Night x Pub MixysBars

    A verdade é que eu já não conseguia deixar de pensar nela. E, embora eu negue, não, não era por causa das provocações dela ou do facto de ela ter sido a única negar ter alguma coisa comigo. A verdade é que eu já não conseguia dormir sem sonhar com ela ou entrar no Salão principal e não olhar para a mesa da Sonserina, tentando ver se ela está lá.

    Blaine dizia que eu estava apaixonado. E depois levava um calduço, porque eu sabia que não estava.

    Talvez a apaixonar-me, mas não ainda apaixonado.


    - Vou indo, Blaine. Não te demores muito, ou a Claire vai-te trocar por alguém mais gato – tipo eu, sabes.- Provoquei o meu irmão ao sair do dormitório, onde ele ainda se estava a trocar, tendo de desviar-me da qualquer coisa que ele atirou em mim, enquanto saía.

    Estava bem vestido e perfumado, ao estilo ‘Maxwell Ford’, obviamente e, enquanto passava pelos corredores em direcção ao portão da escola, ouvia garotas a comentarem e a suspirarem. Que pena, elas nunca provariam o charme infalível do mais gato dos Ford, afinal a única pessoa que eu queria pegar, naquele dia e para sempre, era a Serena.

    Mas isso era segredo, ninguém – muito menos a Serena – podia saber disso, ou lá se vai a minha reputação.

    Cheguei a Hogsmeade bastante rápido. Para quem não sabe, naquele dia, 15 de Outubro de 2010, 15/10/10 – como quiserem – ia acontecer uma festa no pub mais famoso da vila, só para os alunos, sob ordens do director, que alegava – ui, palavras caras que eu ando usar: isso é sintoma de alguma doença? – que os alunos precisavam de um descanso. Oi, eu é que não ia discordar do senhor!

    Para (in)felicidade minha, a primeira coisa que eu vi quando entrei no pub, já apinhado, foi a minha – possessividade, já? É o que eu digo, devo estar a ficar doente – Serena, a dançar sensualmente uma música electrónica eu estava a passar. Contive a vontade que tive de azarar cada garoto que olhava para ela como se fosse de comer e tentava passar a mão nela, e apenas fiquei por perto, a observar com um copo de hidromel na mão que tirei de um garoto que passava.

    Quando ela parou de dançar, acalmando o meu coração e os olhares furiosos que eu dava aos marmanjos babões que pareciam nunca ter visto um raio de uma mulher na vida – cá para mim eles eram virgens, escreve aí! -, caminhei até ela, aproveitando-me do facto de ela ter-se sentado numa cadeira perto do balcão, de costas para o sítio onde eu estava.


    - Aquilo foi só para me provocar ou o que tu querias mesmo era provocar um ataque de coração a todos os homens?- Já perto dela, sussurrei-lhe ao ouvido e agarrei-lhe na cintura fina. Dei-lhe um beijo casto no pescoço, roçando a ponta do nariz de um modo provocante, inebriando-me com o seu perfume característico.

    Que se lixem os outros marmanjos, as garotas que babavam por mim e o diabo a quatro: a Serena era minha, pouco me importava a opinião dos outros. Afinal, a parte mais difícil do meu dia era, sobretudo, manter-me longe dela.


tag: Blaine, Serena.
words: #532
lyrics: The Scientist - Coldplay
outfit: that
notes: Desculpa, o post não está lá aquelas coisas, Sabry, mas eu melhoro no próximo, de certeza ^^

avatar
Maxwell Ford
Hufflepuff
Hufflepuff

Mensagens : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Jane Allen em Sex Abr 01, 2011 11:05 pm




Party? I'm inside.
This gone right? Tava looking for you...
Because who I really want, I do not want!



X-------------------------------------------------------------------X

Estava que eu estava no colégio sem fazer nada e o Ethan tinha me abandonado naquela noite, resolvi mim arrumar e descer para Hogmeade onde quase todos os alunos comentavam que iria ter,tomei um banho, arrumei meu cabelo, botei tipo um laço vermelho para segura-lo, um escarpam vermelho e botei um vestido bem curto e provocante preto, queria matar muitas pessoas do coração hoje, hoje queria simplesmente arrasar, estava afim de provocar tudo hoje, ate separações de casais, nesse pensamento ainda me arrumando soltei uma leve risada. Passei o meu batom tom vermelho mais forte e fui em direção as escadarias me encontraria com os outros alunos.

Depois de todo aquele arruma-arruma eu terminei e pouco tempo chegamos em hogsmeade, todos foram direto para a festa, eua inda dei uma passada no três vassoura para ver se encontrava o Ethan, mas minhas tentativas foram em vão, pedi um Wisky, sei que alunos não poderia beber, mas eu queria, se bem que o atendente estava muito vidrado no meu vestido e me cedeu ao meu pedido, tomei de uma vez só, paguei – Bye Baby. - e sai rindo, indo em direção ao Pub. Cheguei abrindo as duas portas e parando por uns segundos observando o local, a musica estava agitada e eu queria me divertir.

Logo me juntei com uns turma que esta que estava em uma roda e comecei a dançar sem para. Estava me divertindo muito, já estava com gostas de Wisky no sangue, e estava pronta para detonar, eu estava muito parado, muita gente me olhava, na rua quando passava na vinda pra cá, monte de marmanjos me olhando. Adora chamar a atenção, mas gostava de homens com atitude, mas ate agora não via nenhum. Continuei dançando, como se não esperasse nada.


X-------------------------------------------------------------------X


Spoiler:
Vestido tipo esse: Muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito curto

avatar
Jane Allen
Monitor (Corvinal)
Monitor (Corvinal)

Mensagens : 12

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Phillip Lancaster em Qui Abr 07, 2011 4:18 pm


15/10 x Pub MixysBars x post=1



Estava em frente ao espelho de meu quarto, passava as duas mãos pelo cabelo tentando arruma-los de um jeito legal, tentativa em vão parecia que meu cabelo tinha personalidade própria, ele decidia como ia ficar, e esta noite estava determinado a ficar desarrumado e não havia nada que eu pudesse fazer, mas apesar disso ficava estiloso assim, pelo menos eu esperava que sim. Usava uma camiseta preta meia-estação e uma calça jeans meio gasta nos joelhos, apanhei uma camisa branca de manga cumprida em cima da cama e vesti deixando os botões aberto, olhei mas uma vez para o espelho e sai do quarto.

Caminhava um tanto apresado pela noite não muito fria, com as mãos nos bolços da calça, atravessava os gramados do terreno da escolaem direção aos portões que me levariam a Hogsmeade, todos os alunos estavam falando da festa que haveria no pub, e eu passara a tarde decidindo se iria ou não a ela, até que por fim depois de muito pensar decidi que não faria mal algum ir, afinal se a festa não tivesse interessante bastava eu ir em bora, depois de uma não muito longa caminhada finalmente cheguei a Hogsmeade, olhei em volta e logo localizei o Pub, onde a festa ja havia começado e era possivel ouvir a musica alta tocando lá dentro.

Adentrei o local e olhei em volta, alguns grupos de alunos aqui ou ali dançando a musica que tocava, reconhecia alguns, nenhum que fosse de fato meu amigo, apenas conhecidos, mas isso era fato eu não tinha muitos amigos, devia ser pelo fato de eu ser uma pessoa fria, mas essa noite estava determinado a me mudar e não ser mais o Phillip que nunca sorri, o Phillip que não tem amigos, seria uma nova pessoa.

A primeira coisa que decidi fazer foi arranjar amigos, e eu estava em uma festa o lugar perfeito para conhecer pessoas novas, ou conhecer melhor pessoas as quais ja se conhecia de vista, ou de terem conversado poucas vezes, olhei para as pessoas por ali e avistei Jane Allen, uma corvina que sempre estava feliz, ela estava dançando, dei um sorriso e me aproximei da garota
- Boa noite senhorita Allen. - Dei um sorriso para ela esperando sua resposta.
avatar
Phillip Lancaster
Ravenclaw
Ravenclaw

Mensagens : 8
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Jane Allen em Qui Abr 07, 2011 5:09 pm




Party? I'm inside.
This gone right? Looking for you...
Because who I really want, I do not want!



X-------------------------------------------------------------------X

Estava deitada quando do nada resolvi que iria para a festa, queria me divertir, e principalmente queria namorar com alguém hoje, não sabia quem exatamente, mas queria que fosse alguém que eu gostasse hoje tava a fim de fazer loucuras. Botei o vestido mais curto que eu tinha e sai em direção a Hogsmeade, diferentemente dos outros não fui direto para o Pub, passei no três Vassouras e bebi um Wisky de fogo, queria me animar primeiro, depois de virar a dose, paguei e sai em direção ao pub, me juntei ao grupo de colegas que tinha ali e comecei a dançar. Estava me divertindo muito, e o efeito do álcool já estava subindo pra cabeça, fui ao bar e pedi outra dose, só que essa eu levei pro meio do salão e aos poucos fui bebendo.

Nas minhas dancinhas eu rodava até que vi o Phillip Lancaster, mas não o encarei muito, mas ele riu pra mim, parei um pouco de dançar e fiquei meio que de frente pra ele, mas sem o olhar, até que ele chegou em mim, não pude deixar de olhar para aqueles olhos esverdeados “Boa noite senhorita Allen.” Olhei pra ele dando um gole na minha bebida e sorrindo – Ora, Ora quem veio pra festa! Esperei ver todos, menos você. – Dei um sorrisinho simples e o olhei disfarçadamente do pé a cabeça – Boa Noite Senhor Lancaster! – Olhei pra ele novamente pra os seus olhos que eram muito chamativos, sem falar que só gosto de conversar olhando olho no olho – Você gosta de quebrar regras? Se gostar... – Dei uma leve pausa e estiquei meu Drink pra ele – Servido? – Olhei pra ele com uma cara de safada.

Não que eu não que eu fosse, mas adorava ver a cara dos homens ao topar com uma mulher assim, e cá entre nós estava me achando linda hoje, acho que tinha achado o cara certo para ficar a noite hoje, mas como digo Eu sou uma dama e se ele quiser algo vai ter que me conquistar, e não é tão fácil assim, a menos que eu esteja... bêbada. Olhei para o povo ao redor, ainda tinha pouca gente, acho que as coisas só tendiam a melhorar com a companhia do senhor Phillip. Espero que ele esteja com o mesmoobjetivo que eu na festa de hoje. – Então o que lhe trouxe aqui? Afim de se divertir? Ou apenas sair do castelo? – Falei sem tirar os olhos dele.





X-------------------------------------------------------------------X


Spoiler:
Qualquer coisa eu EDITO


avatar
Jane Allen
Monitor (Corvinal)
Monitor (Corvinal)

Mensagens : 12

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Phillip Lancaster em Qui Abr 07, 2011 5:48 pm


15/10 x Pub MixysBars x post=2

Estava para do de frente para ela, que estava com um vestido, hum... chamativo, sem que ela percebesse observei-a dos pés a cabeça, então olhei em seus olhos para ouvi-la dizer - Ora, Ora quem veio pra festa! Esperei ver todos, menos você. - Dei um sorriso com seu comentario, era verade eu não era muito de festas, na verdade eu era bem anti-social, mas como ja disse estava determinado a mudar, a não ser mais essa pessoa fria que todos estavam acostumados a me ver, por mais dificil que isso fosse - É, parece que você não é a unica a não me esperar por aqui. - Olhei em volta todos que haviam notado a minha presença e que me conheciam no minimo um pouco estavam espantados de eu estar por ali - Boa Noite Senhor Lancaster! - ela me olhou nos olhos ao dizer essa palavras e eu voltei a olhar nos seus, e logo em seguida ela me perguntou - Você gosta de quebrar regras? Se gostar... - Dei um sorriso de canto de labio, ela não me conhecia bem, nunca me importei muito para regras, não ligava de quebra-las, des de que não fosse pego, por que afinal, ficar o dia inteiro em uma classe fechada cumprindo detenção não faz a felicidade de ninguem, muito menos a minha - Servido? - Olhei para ela com um olhar maroto e apanhei o copo que ela me oferece-ra, não tinha ideia do que havia dentro, mas mesmo assim virei-o em um gole só, e na mesma hora senti uma onda de calor por meu corpo olhei-a novamente nos olhos e passei a mão no cabelo, novamente tentando acenta-los tentativa em vão, então voltei a me concentrar em Jane que me fazia uma pergunta - Então o que lhe trouxe aqui? Afim de se divertir? Ou apenas sair do castelo? - Pensei um pouco antes de responder nem eu mesmo sabia qual motivo me trouxera ali, talvez a minha decição de mudar tenha sido o maior motivo da minha vinda a festa. - Hum...um pouco dos dois, ja que não tem como se divertir enfurnado no castelo - Dei um sorriso ainda olhando-a nos olhos, passei novamente os olhos pelos rostos do salão, e voltei a olha-la - Você posso ter certeza que veio se divertir, correto?
avatar
Phillip Lancaster
Ravenclaw
Ravenclaw

Mensagens : 8
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Jane Allen em Qui Abr 07, 2011 7:01 pm




Party? I'm inside.
This gone right? Looking for you...
Because who I really want, I do not want!



X-------------------------------------------------------------------X

Ali estava cada vez mais interessante, até agora não tinha me arrependido, então era sinal que as coisas só tendiam a melhorar o papo estava agradável, a musica sem por cento perfeita e a companhia nem se fala... Excelente. A noite estava virando de ‘boa’ pra ‘ótima’ estava me divertindo e assim que vi o Phillip ficou melhor – Porque nunca conversamos mesmo? – olhei pra ele rindo, estava feliz por estar na companhia dele, e feliz porque não ia ficar muito tempo sozinha. “É, parece que você não é a única a não me esperar por aqui.” Olhei pra ele pegando sua mão - Quem mandou você ser popular... – ri um pouquinho - ...Só que hoje você é meu... Acompanhante. – o puxei em direção ao balcão. - Sim, sim... vim mais pra me diverti, aquele castelo ja não é mais o mesmo. - falei olhando pra ele e caminhando ao balcão.

- Psiu... – falei pro Barman - ...Me dê dois drink’s de Wisky de fogo, por favor. – Ele não perguntará minha idade, pois eu acabara de compra um drink mais cedo. Ele trouxe dois drink’s, logo entreguei um ao Phillip – Há nós? – Levantei a taça ate sua taça. Logo que trincamos de leve os copos dei um pequeno gole olhando pra ele. – E então quer dançar? – Olhei pra ele pegando sua mão novamente – Ou você tem medo de não conseguir me acompanhar? – o puxei para um canto não tão movimentado meio escuro, assim ficávamos mais a vontade, levantei minha mão e comecei a dançar, eu desci e subia no ritmo da musica. - Ta muito calado... você não é assim, ou é? – Parei um pouco e dei alguns goles e fiquei olhando pra ele, admirando aquela beleza exótica, o álcool já estava em excesso mais estava vendo tudo, só estava mais... mais... afoita... soltinha.






X-------------------------------------------------------------------X


Spoiler:
Qualquer coisa eu EDITO... Descupa pelo post mal feito


avatar
Jane Allen
Monitor (Corvinal)
Monitor (Corvinal)

Mensagens : 12

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Phillip Lancaster em Qui Abr 07, 2011 9:01 pm


15/10 x Pub MixysBars x post=3




Era legal ter Jane para conversar, era legal ter alguem para conversar, em vez de ficar o tempo todo sozinho apenas com a companhia de meus pensamentos, ouço ela perguntar por que nunca haviamos conversado antes, abro a boca para responder mas não consigo pensar em nada por isso apenas dou de ombros, não tinha ideia de por que sempre fui tão frio e isolado, simplesmente fazia parte da minha personalidade, mas essa noite estava determinado a mudar isso e me tornar alguem pelo menos um pouco mais sociavel.

Sinto-a pegar em minha mão enquanto dizia
-Quem mandou você ser tão popular. - Ela disse em comentaria ao que eu havia dito sobre ela não ser a unica que não esperava me ver por ali, revirei os olhos então disse -Eu não sou popular...- mas ela logo continuou a falar- ...Só que hoje você é meu... Acompanhante.- Ela me puxou em direção ao balcão me segurando pela mão e eu a segui, ela chamou ao garçon e pediu e ele dois Wisky's de fogo, esperava que fosse um para mim e um para ela, por que dava para perceber que ela ja estava levemente alterada, e não me surpreenderia se os dois drinks fossem para ela, mas assim que eles chegaram ela ofereceu um deles a mim, o apanhei e juntos erguemos as taças brindando "a nós" e logo em seguida tomei o conteudo da taça em poucos goles, e logo em seguida convidado por Jane fomos dançar, não que eu dançasse mal, mas também não era nenhum Michael Jackson então tentei não me soltar muito, para não passar vergonha, mas mesmo assim dançavamos, enquanto dançamos ela me prguntou se eu era assim calado mesmo e eu a respondi-Hum... sim sou um pouco calado mesmo...Dei um sorriso para ela, não era assim tão facil eliminar toda a minha personalidade de uma vez só, estava sendo mas dificil do que eu imaginara mas eu não voltaria atras, estava determinado a usar aquela noite para mudar minha fama de frio, que apesar de eu realmente ser, não queria mais ser.
avatar
Phillip Lancaster
Ravenclaw
Ravenclaw

Mensagens : 8
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Jane Allen em Sex Abr 08, 2011 12:43 am




Party? I'm inside.
This gone right? Looking for you...
Because who I really want, I do not want!



X-------------------------------------------------------------------X

Estava pra pirar eu tinha que tomar uma atitude, mas não sei se deveria fazer o que eu queria ou não. Ele me acompanhou ate o balcão lá mesmo bebeu todo o conteúdo da sua taça e eu já tinha bebido um pouco a mais eu levei minha taça a te o tal local onde fomos. Estava um pouco alterada mais queria fazer algo, não queria que ele pensasse coisas de mim por causa da bebida, eu já tinha bebido acho que excessivamente, estava na hora de parar... Ele falou que era calado mesmo. Olhei pra ele, bebi o ultimo gole que tinha na taça e botei a taça encima de uma espécie de balcão e me aproximo rapidamente dele com a mão direita pego sua nuca e puxo para mim, nossos lábios se encostaram e uma certa emoção, meu coração começou a palpitar mais forte, aquele beijo molhado e saboroso, me deixava cada vez mais empolgada.

O beijo durou por alguns segundos, assim que terminei fui me afastando aos poucos e abrando os olhos lentamente, sem saber o que fazer – Desculpa – não sabia qual seria a reação dele, mas que o beijo foi delicioso, foi demais... Queria mais... Muito mais, mas isso era com ele, já tinha avançado muito tinha passado vários limites, eu não poderia ter-lo agarrado, mas fiz e não poderia voltar a pras. Olhei pra ele mais uma vez pra ver como ele estava, já tinha pedido desculpas mas acho que não foi o suficiente. Estava meio confusa, mas isso era por causa da bebida. Acho que já estava ótimo por beber por hoje.







X-------------------------------------------------------------------X


Spoiler:
Qualquer coisa eu EDITO... Descupa pelo post mal feito


avatar
Jane Allen
Monitor (Corvinal)
Monitor (Corvinal)

Mensagens : 12

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Phillip Lancaster em Sex Abr 08, 2011 6:46 pm


15/10 x Pub MixysBars x post=4


Após ter bebido todo o conteúdo de sua taça ela a colocou de lado, e ainda estávamos dançando quando sem avisar e sem pensar duas vezes ela me beijou, não posso negar que o beijo era bom, mas eu não estava interessado em arranjar uma namorada nem ficar com ninguém, não que Jane não fosse bonita, e alguém legal para se passar o tempo, mas ela era uma ótima amiga, ela se afastou de mim a abriu os olhos, eu ainda estava com aquela cara de confuso que tudo mundo fica após ser beijado de surpresa – Desculpa – ela disse olhando para mim, eu fiquei sem reação, sinceramente não sabia o que fazer, eu não queria ficar com ela, mas também não queria magoa-la, respirei fundo e disse – Não tem problema... – Olhei em volta mas não deu para perceber se alguém tinha visto ou não o acontecido, e então me voltei para Jane, e novamente respirei fundo, abri a boca para começar a falar mas a fechei novamente, não conseguia encontrar palavras para dizer, esperei alguns minutos e então finalmente tomei coragem – Jane desculpe, você é muito legal mas... – Parei um instante observando sua reação e então continuei – Eu não posso – não era fácil abandonar minha personalidade eu era uma pessoa fria e isso fazia parte de mim, e mesmo sem querer certamente eu havia a magoado – me desculpe – tentei dizer mesmo sabendo que não ia adiantar muito.
Eu não podia mais ficar ali o clima havia se tornado pessado demais, me virei para a saída do Pub e comecei a caminhar com passos lentos, atravessando a multidão, trombando com alguém aqui e ali, mas não me importava se derrubasse alguém no chão apenas continuei andando até a saída que me levou a Hogsmeade, enquanto caminhava pelo povoado podia ouvir a musica antes alta que ecoava em minha cabeça, diminuir gradativamente até desaparecer completamente, eu já estava muito próximo do castelo, e logo atravessei os portões para o mesmo, na hora em que eu havia ido haviam muitos alunos me acompanhando mas agora estava sozinho pôs ainda estava cedo para se ir em bora da festa, mas eu não podia mais ficar la depois do que havia acontecido com Jane.
Logo eu já estava dentro do castelo e subindo em direção ao meu Salão Comunal e consequentemente para o meu dormitório, ao chegar la me joguei na cama as imagens vinham em minha cabeça, me virei de lado e fechei os olhos com força tentando dormir e apesar da dificuldade logo eu consegui pegar no sono.

avatar
Phillip Lancaster
Ravenclaw
Ravenclaw

Mensagens : 8
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Nicolle McKinney em Sab Abr 09, 2011 9:53 pm

Blame it on the Goose
Got you feeling loose


15th Octobre 2010, Night x Pub MixysBars

    Eu, como toda a gente, estava ansiosa por esta festa e achava que tinha sido uma excelente ideia do Director. Até porque não é todos os dias que temos uma festa fora da escola, sem professores a vigiar-nos e sem aquelas músicas pirosas do tempo da minha mãe. E, para alegria de muitos, era provável que a festa fosse regada a álcool; no meu caso, não costumava beber muito, até porque sou um bocado fraca em relação a bebidas e sei lá o que o meu eu alcoólico poderia fazer. Sendo, assim, costumava ser eu quem carregava os amigos quase ao colo para o dormitório, lhes dava um banho gelado e, no outro dia, lhes administrava as poções para ressaca.

    Porém, já tinha ficado bêbeda uma vez. Aliás, foi assim que eu descobri que era realmente fraca para bebidas, pois tinha bebido uns dois copos de vodka preta (há bares bruxos que vendem bebidas trouxas) e tinha ficado um bocado mal. Segundo Mariah, que tinha cuidado de mim, eu tinha perguntado a todos os garotos e homens que eu via se queriam gravar uma sex tape comigo e ainda dance em cima do balcão – obviamente, a minha amiga tirou-me de lá antes que eu começasse a tirar a roupa.

    Hoje em dia, isso é uma memória engraçada. Até porque eu sou muito cara de pau bêbeda. Eu não quero nem pensar se alguém respondeu “sim” à minha proposta!

    E, mesmo não bebendo muito, eu sempre ia às festas. Eu conseguia divertir-me sem beber, por muito que todos os adolescentes de hoje em dia achem isso impossível. Eu dançava, conversava, conhecia pessoas novas e, no dia seguinte, não tinha nenhuma dor de cabeça para me chatear o dia inteiro. Incluindo, uma vez conheci um garoto realmente simpático e inteligente que foi um dos meus primeiros namorados, há uns anos, numas férias de Verão.

    Ainda por cima, a festa daquela noite seria no Pub mais badalado de Hogsmeade, que tinha excelente música e uma enorme pista de dança. Era um dos locais preferidos dos moradores e também dos adolescentes na época de férias.

    Eu tinha-me arranjado para aquela ocasião e, embora não atraísse muitos olhares – afinal, eu não estava praticamente nua, como tantas outras -, eu sabia que estava bonita e sentia-me bem com a roupa que eu tinha escolhido. Vestia umas calças de couro – falso, obviamente – que tinha comprado numa loja trouxa há alguns anos com um top mais ou menos comprido branco. Por cima, uma camisa xadrez vermelha e preta, com as mancas arregaçadas e aberta, deixando ver o top. Calçava coturnos pretos e trazia na mão uma bolsa carteira vermelha, com a varinha e outras coisas essenciais lá dentro.

    Quando cheguei ao pub já a música estava alta e a festa corria, solta. Podia jurar que já havia uns quantos bêbedos e casais a agarrarem-se pelos cantos - o que nunca falta em festas. Acenei para alguns conhecidos e, ao chegar perto do bar, vi Dominic Harvey – um lufano super fofo e divertido, dos melhores aprontadores de peças a seguir aos irmãos Ford – ali perto, já estando um bocadinho alterado e com uma garrafa cheia de Whisky de Fogo na mão.


    - Então Dominic, a beber para esquecer ou a esquecer para beber? Engraçado que eu pensei que tu não ias estar aqui hoje: não tinhas uma detenção qualquer com a Profª Katherine?- Falei-lhe, simpática e brincalhona como sempre.

    Eu achava-o uma pessoa realmente simpática e fácil de se estar, ainda mais porque com ele é difícil estar sério. E, por muito que as suas rixas com os sonserinos sejam, por vezes, infan,tis, era sempre engraçado ver o que ele aprontava e ia aprontando. E depois ver a sua irmã, Alexia, a dar-lhe broncas pelas suas parvoíces ainda mais.


tag: Dominic Harvey, Alexia Harvey, Mariah.
words: 630#
lyrics: Blame it (on the alcohol) – Jamie Foxx
outfit: that
notes: Desculpa Natty, post não muito bom =/ ‘Bora começar a nossa pequena loucura? =P

avatar
Nicolle McKinney
Gryffindor
Gryffindor

Mensagens : 60

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Dominic Harvey em Sex Abr 15, 2011 11:25 pm



Hey, Mr. Bartender mix me a drink
15 de Outubro, noite | Post #01 | Pub MixysBars

- Onde você está pedaço de pano velho?
– murmurei revirando o meu enorme malão ainda não desfeito desde o inicio das aulas a, sei lá, mais de um mês. Procurava um chapéu-cor-verde-limão que não era feito de pano, mas sim de um material mais decente pra ser usado em enfeites de cabeça. Era um chapéu antigo que uma vez minha vovozinha achou em um brechó do mundo trouxa e me deu de presente. Usei-o só no dia que ganhei, mas prometi levá-lo para a minha segunda casa, ou seja, esse Castelo gigante com um bando de alunos-brutamontes e uma pirralhada sem noção. Conforme Alex, minha irmã baixinha de cabelo loiro-oxigenado, eu me encaixava na categoria “sem noção”, mas eu me considerava mais um “garoto que só quer se divertir”. Enfim, a questão é que eu não conseguia encontrar o chapéu de cor cegante e tinha levado um tombo escorregando na água que eu mesmo espalhara pelo chão. Estava com a toalha enrolada na cintura, absurdamente molhado após sair do banho e o cabelo todo desarrumado depois de chocalhar a cabeça a cada vez que os colegas de quarto reclamavam do chão molhado. – Ah! – exclamei assim que vi um pedaço do chapéu ocultado por um cobertor em baixo da cama. Puxei-o e o joguei em cima da cama, antes de abrir a mala mais uma vez, às pressas. ATRASADO, era isso que eu estava. Todo mundo no quarto vestido e eu ainda sem mesmo por a cueca. Mas como pra um garoto roupa nunca é o problema, não demorei pra ficar pronto. Vesti a primeira calça que eu vi, os sapatos que mamãe tinha enviado depois de Lexia comentar com ela sobre a festa através de uma carta, e uma camiseta branca de manga cumprida que era meio social, mas não tão social ao ponto de eu parecer uma pessoa comportada e finalmente, o chapéu cor verde berrante na cabeça.

Desci as escadas em um passo apressado, ouvindo as pessoas murmurarem “foi o Harvey!” cada vez que eu passava rápido por elas e batia em suas cabeças com a baqueta da minha bateria. Por onde quer que eu me arraste, carregava comigo as baquetas. Eram parte de mim e, sinceramente, amaldiçoava o diretor-nariz-grande todas as noites por não permitir que eu trouxesse o instrumento musical por completo. Conforme a palavra dele, uma bateria causava muito barulho, contudo na minha correta opinião baterias só são consideradas barulhentas por aqueles que não sabem apreciar uma boa musica. – Que roupa indecente é essa, Alexia? – perguntei em um tom mais elevado cutucando a barriga da garota com a baqueta da mão direita. Era um vestido preto, tomara que caia, beeem acima do joelho. Fiz uma careta quando ela resolveu me ignorar e agir como se estivesse usando uma túnica e um pano enrolado na cabeça. Juntos fomos até o vilarejo bruxo e conseqüentemente até o pub que aconteceria a festa. A música já estava alta quando eu cheguei e a pista movimentada. Passei por um casal, depois por outro e grudei a barriga no balcão de bebidas, largando a irmãzinha para trás que nem deveria ter percebido eu desaparecer do seu lado. Tirei o chapéu escandaloso e o pus no balcão assim que, graças a ele, o atendente me localizou em meio a multidão de alunos. Já com a garrafa de firewhisky na mão, comecei a procurar por Sam, Evy ou Summer, mas localizá-las era um tanto difícil. Quer dizer, Samantha nem tanto, por causa daquela cabeleira vermelha como brasa. Mas, como eu era esperto, esperava que elas vissem o chapéu verde-limão e assim me encontrassem.

- Então Dominic, a beber para esquecer ou a esquecer para beber? – senti a bebida descer ardendo pela garganta e balancei a cabeça, levantando os olhos para a morena. Abri um sorriso para McKinney, levantando a garrafa já consumida mais do que pela metade, em forma de cumprimento. A pergunta dela me pareceu confusa até mesmo para o meu grau mais puro de sobriedade. – A beber para me divertir... – disse lentamente, ainda perdido nas palavras dela que, devido ao momento, pareceram ter um grau de complexidade maior. Ok, eu era ruim mesmo com jogo de palavras. – Não que eu precise beber para isso, mas ... – bebi o ultimo gole do copo. – é de graça. – dei de ombros, não estava pagando nada pelo firewhisky, então podia abusar sem precisar miguelar dinheiro pra Lex depois. - Engraçado que eu pensei que tu não ias estar aqui hoje: não tinhas uma detenção qualquer com a Profª Katherine? – não segurei a risada. Até parece que a lambisgóia da professora de poções ia me segurar em Hogwarts em dia de festa. Nem que isso me custasse mais um mês de detenção! Lembrei o rosto furioso dela quando esmurrei a porta da sua sala consecutivas vezes, atrapalhando o finalzinho de sua aula só porque precisava de ajuda da Harvey caçula para fazer o trabalho de aritmancia. – Se tinha, não fui informado. – dei de ombros. Até onde sabia, não tinha pegado detenção alguma, mas vai saber se McHale não teve um ataque de insanidade e me deu detenção depois que virei as costas e sai andando. – Em todo caso, deixemos McHale e suas masmorras de lado, depois vou ficar sabendo se tinha ou não uma detenção pra hoje de qualquer jeito – resumindo, amanhã de manhã eu poderia estar bem encrencado, porém tinha quase a absoluta certeza que não tinha arrumado detenção alguma, geralmente eu estava bem ciente do meu calendário de punições. Abri um sorriso de ponta a ponta e voltei a por o chapéu na cabeça, ignorando os protestos no aluno ao lado quando, sem querer, bati o braço no copo dele, fazendo-o cair no chão. – Firewhisky para essa garota aqui! – gritei assim que o bartender passou perto, passando o braço nos ombros de Nicolle.


OFF: Desculpa a demora, Ritta! Mas esta aí, haha. Espero que tenha ficado bom, hm.
avatar
Dominic Harvey
Hufflepuff
Hufflepuff

Mensagens : 413

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Nicolle McKinney em Seg Abr 18, 2011 11:30 pm

Blame it on the Goose
Got you feeling loose


15th Octobre 2010, Night x Pub MixysBars

    Havia pessoas que achavam, realmente, que eu era uma santa e só fazia o que estava correcto e seguia as regras todas. Pois, essas pessoas nunca me irritaram o suficiente para me fazerem estar de detenção por lhes ter dado um soco bem dado. Nem estiveram comigo na Floresta Proibida, bem no primeiro ano e muito menos levaram detenção por isso. E quantas vezes eu esquecera-me de entregar trabalhos vezes seguidas e ficara de detenção?! Tantas que já perdi a conta. Santa, eu? Só existem santas no céu, coisa que poucos devem ter reparado.

    Pois só porque não me viam beber até cair – até porque o fiz pouquíssimas vezes – nem pregar peças a tudo e a todos, era taxada de santa. ‘Tá bem, ‘tá bem, eu realmente não fico ofendida, apenas um bocado espantada, até porque vários amigos meus são tudo menos santos, como os gémeos Ford e o Dominic.

    Este último, eu encontrara na festa, perto do bar, a receber do barman uma garrafa de firewhisky, que foi consumida quase pela metade logo no primeiro gole e com a qual ele me cumprimentara brevemente. Porém, parecera confuso com o meu trocadilho, coisa que eu, de certa forma, ignorei, afinal ele já devia estar mais para cá do que para lá, se é que me entendem. De qualquer forma, ele sempre fora uma boa companhia e, estando com ele, eu sabia que me iria divertir.

    Nem que seja a observá-lo e às suas parvoíces.


    – Se tinha, não fui informado. Em todo caso, deixemos McHale e suas masmorras de lado, depois vou ficar sabendo se tinha ou não uma detenção pra hoje de qualquer jeito.- Ele respondeu à minha afirmação acerca da detenção dele com a profª de Poções – a megera, como tanta gente lhe chama.

    Bem, para mim, a professora nem era tão má, talvez porque eu também não era assim tão má à sua disciplina, mas muito menos era boa. A Poções eu era apenas mediana, fazia bem as poções mais fáceis e não tão bem as mais difíceis e complicadas, porém eu não era, com certeza a única, até porque a matéria é difícil e necessita de concentração, e poucos são aqueles que realmente se conseguem concentrar apenas numa coisa, sem dispersar os pensamentos.

    Eu não consigo, de maneira nenhuma.


    - Oh, isso também não importa. Aliás, até acho que a festa não seria a mesma coisa sem ti, já que pelo menos um dos irmãos Ford está muito ocupado com a Winchester.- Apontei discretamente para eles. De facto, sem os gémeos – que estavam demasiado ocupados – e sem Dominic, a festa seria uma seca, afinal era sempre preciso alguém para animar.

    E os Lufa-lufas são sempre bastante bons nisso. Aquele Lufa-lufa em especial, aliás.


    – Firewhisky para essa garota aqui!- Exclamou ele, mal o bartender passou ali perto, passando o braço pelos meus ombros. Com um sorriso amável e, sabendo que ele ia caçoar de mim por isso o ano inteiro, desenvencilhei-me dele, dizendo:

    - Doom, não é preciso, eu não bebo.- E o sorriso amável transformou-se em algo parecido com um sorriso amarelo. Oh, eu teria de me preparar pois eu tinha a certeza que ele ia caçoar de mim a noite inteira e tentar-me aliciar de alguma forma.

    Não fosse Doom como ele é.


tag: Dominic Harvey, irmãos Ford.
words:549#
lyrics: Blame it (on the alcohol) – Jamie Foxx
outfit: that
notes: Para variar, não ficou assim tão bom, mas dá pró gasto =/

avatar
Nicolle McKinney
Gryffindor
Gryffindor

Mensagens : 60

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Ethan Miller em Qua Abr 20, 2011 3:13 am


All her signals are getting lost in the ether
She's a landslide with a city beneath her
So take a good look, so you'll never forget it

    Sabe quando você se sente meio deslocado? Pois é eu estava assim. É difícil como a vida se tornou tão fácil para alguns. Mas o que podemos fazer? Sair batendo em todo mundo? Dizendo o quanto o mundo é injusto e chato? Isso não servira de argumento para nada. Eu odiava colocar aquele tipo de roupa, mas fazer o que, né? Eu falei que iria até a festa então eu vou quem sabe isso não me ajuda há ficar um pouco para cima? Ou quem sabe ajuda a me destruir ainda mais? A única coisa que eu me limitava era dançar, já viram um robô dança? Sou tipo um. Joguei o cabelo para trás fazendo o típico cabelo todo bagunçado de sempre.

    De inicio me atrapalhei um pouco porquanto de toda hora eu sentava e lia alguma coisa ou eu fazia carinho na minha coruja, logo eu a soltaria para seus passeios noturnos. Me olhei no espelho e acho que a primeira sensação vou de estar parecendo um idiota e a segunda de eu estar ridículo. Respirei fundo e coloquei a varinha presa ao bolso da calça, logicamente um bruxo que sai sem sua única proteção é otário. Sai do dormitório e passei pelo salão comunal que estava praticamente vazio, eu será o ultimo a chegar? O que eu era a noiva? Fala sério. Algumas carruagens ainda estavam ali e os trestalios a puxavam. Respirei fundo e fui até o animal que eu gostava bastante.

    - Hey amigo. Fiz carinho em sua pele que não havia pelo alguns, eles tinham asas que podiam voar pareciam cavalos, mas ao mesmo tempo não pareciam. – Quer voar um pouco? Soltei a carruagem do mesmo e passei a mão em sua cabeça novamente levando um pouco adiante, assim subi no animal docel e ele começou a voar. A sensação era ainda melhor do que estar em uma vassoura em seu primeiro voou, trestalios são animais que poucos têm o privilegio de ver, mas garanto que é difícil não gostar deles. Não demorou muito e lá estava eu, o animal fora embora do mesmo jeito que viera e eu fiquei alegre dando um tchau, alguns pensavam que eu tava um tanto bêbado.

    Logo na entrada os aurores estava lá parados vigiando, eu passei por eles e entrei no Pub olhando ao redor para ver como estava não havia muitos alunos (pelo menos não todos que eu imaginei que estariam ali.) Peguei um drink para me solta logo no começo e tomei de vagar. Demorou um pouco mais localizei Jane que parecia solta demais, ela é feliz, mas parecia que estava tendo uma ajuda de álcool. Fui até ela e peguei em seu pulso com rigides, mas sem aperta ou machucar. – Parece que você bebeu demais. Comentei sorrindo e soltando o pulso dela. – Eu já sei, vou ter que carregar você no final da festa, certo? Aquilo estava claro, mas não pude deixar de reparar o vestido de Jane curto, suas curvas eram realmente perfeitas, acho que me perdi nisso por pelo menos uns três minutos. - A festa está agitada. Comentei comigo mesmo dando uma olhada 360º



NOTES: Qualquer coisa, mp-me.
TAG: Jane Allen, mas ainda sim aberto a interação.
SHEETS: Click Here!
TITLE Descontrair, agitar e dançar.
MUSIC: Easy Target - Blink 182.
NUMBER: Two.
TEMPLAT: My. Do not copy!
LOCATION:
avatar
Ethan Miller
Monitor Chefe (Corvinal)
Monitor Chefe (Corvinal)

Mensagens : 130

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Mariah Cooper em Qua Abr 20, 2011 3:43 am


Gotta clue, what you're doing?
You can play brand new to all the other chicks out here
But I know what you are, what you are, baby.


    Por que as pessoas gostam de ser tão idiotas? Eu precisaria escrever na minha testa que eu ia à festa? Por que todo mundo insistia em me pergunta? Eu fazia os preparativos, a roupa é claro era o mais importante, pois sem o brilho da roupa não somos nada, precisava pensar como eu chamaria atenção, como eu teria que me livrar de todos os meninos da festa, tudo era um detalhe a ser pensando. Respirei fundo enquanto passava um batom vermelho que contornava todos os meus lábios, eu sou perfeita as garotas que não acham isso tem inveja, quem não queria ser eu?

    O vestido era vermelho que combinava bastante com o meu tom de pele e os longos cabelos negros davam o ar de ‘Sem eu não existe nada.’ Sai sorridente pela porta do dormitório, só pensava em como eu impressionaria as pessoas isso era o que importava só isso e nada mais. Fui com um grupinho que eu conhecia muito bem, então um garoto me ouça comentar. – Pensei que não fosse à festa Mariah. Ele era bonitinho, mas não era o meu tipo, respirei fundo para não ser grossa. – Eu sou a festa querido! Respondi sorrindo, ele apenas sorri de canto e então começaram a comentar coisas, não me liguei muito naquilo eu não via a hora de chegar até lá.

    Demorou, mas enfim já podíamos ver o Pub e a música tocando alto. Joguei o cabelo para trás encantando quem estava perto e fui entrei. Logo que entrei recebi olhares e elogios, o que me fez abrir um largo sorriso deixando a mostra meus dentes perfeitos. Olhei ao redor e então vi Nicolle, Nicol era minha melhor amiga, mesmo eu tendo desaparecido por esses dias acho que ela ficaria feliz por me ver, pelo menos eu acho. Enquanto chegava mais perto com passos sexy vi Dominic, um garoto da Lufa – Lufa. – Nicol oi. Falei surpresa e dei logo um abraço na mesma e dois beijinhos. – Dominic... Acho que eu prestei atenção demais em seu olhar. – Como vai? Tinha gente ali que eu realmente não esperava ver, aquele povinho da biblioteca tava fazendo o que ali?

    - Gostando da festa amiga? Perguntei para Nicolle enquanto olhava ao redor buscando alguma coisa interessante, me deparei com os gemios Ford, mas não entendia porque tanto interessa naquelas duas irmãs, o que atraia eles? O fato de um ser gemio de outro? Isso as vezes se tornava tediante a ponto de me dar náuseas.


NOTES: Qualquer coisa, mp-me.
TAG: NPC, Nicolle McKinney e Dominic Harvey.
SHEETS: Click Here!
TITLE Eu sou o luxo e você é o lixo.
MUSIC: Womanizer - Britney Spears.
NUMBER: One.
TEMPLAT: My. Do not copy!
LOCATION: Pub MixysBars.
avatar
Mariah Cooper
Hufflepuff
Hufflepuff

Mensagens : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Matthew Gilbert em Ter Abr 26, 2011 3:47 am



Finalmente era sexta-feira, eu estava preste a soltar fogos, sim porque a semana inteira foi tão atarefada que mal tive tempo para respirar. Acho que os professores andam com sérios problemas porque encheram todo mundo de tanta atividade que eu tava com uma filha de deveres para fazer, e olha que eu não sou de acumular nada, muito pelo contrario sou super estudioso do meu jeito, mas não sou de deixar as coisas para ultima hora.


Aquela manha não foi diferente, eu dei graças a Merlin por finalmente ter chegado o fim de tarde, acho que ate andei contando os segundo, também desde que soube que ia rola farra hoje eu tava mais louco de vontade para ir aproveitar a noite.

Eu estava no salão comunal quando olhei o relógio e fui tomar banho e não demorei nem 40 minutos, assim que eu sai do banho peguei minhas roupas, uma camisa e uma calça jeans, sempre fui pratico nessa hora então em cinco minutos eu já estava vestido e sai do quarto.

Antes de ir a festa procurei pela minha melhora amiga que por sinal tinha sumido, fiquei sabendo depois que ela já tinha indo na frente, não sei que milagre ela tinha se arrumado rápido ou vai ver o sumiço dela mais cedo era porque tava se arrumando, sabe como são as mulheres demoram para se arrumar. Bem não me demorei muito já que ela já tinha saído, eu fui para festa também, afinal a noite estava só começado e eu tinha que curti cada segundo.


Não demorei muito para chegar no MixysBars, a festa já tava rolando e já tinha boa parte do pessoal por lá. Fui logo para o balcão tava afim de beber uma boa dose de Firewhisky para esquentar a noite, cheguei já pedindo um dose e assim que eu chegou tomei de uma vez só e pedi outra. Em quanto esperava chegar olhei em volta e vi umas madeixas loiras que eu conhecia bem passa pela multidão. Peguei meu copo já cheio novamente e fui atrás da loirinha. Passei com uma certa dificuldade pela multidão, mas não me impediu de chegar por trás abraçando e beijando o pescoço e a bochecha da Alex, mas claro que tomei cuidado para não derramar Firewhisky nela.

- Porque não me esperou loirinha? Achei que iria me esperar... – me afastei dela só então dei uma boa olhada em como minha melhor amiga estava vestida, caraça acho que fiquei de queixo caído, acho não tenho certeza, sim eu to acostumando a ver a Alex completamente diferente, sei que minha amiga é super linda e tals, mas ela tava dando de cem a zero em qualquer modelo super famosa, olhei de cima a baixo umas três vezes para ter certeza que era ela mesmo. – Alex que roupa é essa? – juro por Merlin que eu estava preste a pedir um babador – Loirinha, você esta maravilhosa...bem sempre foi mas é que você ainda mais linda tipo ta muito gostosa! – fiz ela da uma volta e juro que seu eu não tivesse um coração forte ao que já tinha tido um treco.
avatar
Matthew Gilbert
Ravenclaw
Ravenclaw

Mensagens : 60

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Nolan J. Barker em Qua Abr 27, 2011 6:11 am

so if i said i want your body now
would you hold it against me

    De repente alguém anunciou uma festa no vilarejo pobre próximo ao castelo. Promiscuidade, álcool e homens bonitos reunidos com uma boa trilha sonora. Existe algo que alguém poderia desejar mais que isso? Com exceçao da senhorita Mariah Cooper , a pobrezinha deve desejar muito mais um novo creme dental para resolver o problema preocupante – ou os odores preocupantes que sua boca libera sem piedade da sociedade. De qualquer forma, deixemos a higiene alheia para outra hora, confesso que é muito mais agradável pensar no físico dos jogadores desta escola enquanto me livro de minhas adoráveis roupas, para me lavar afim de retirar a poluição alheia dos trasgos desta escola do meu corpo.

    Seria um atentado contra a humanidade se, apenas mais uma única vez, eu cantasse alguma das minhas músicas clássicas maravilhosas – e muito repreendidas pelos meus colegas de dormitório? Talvez, mas eu não trabalho me reprimindo. Deliciando-me em uma coreografia ousada voltei para o dormitório enrolado em uma toalha rosa - determinadamente como fazia desde o quinto ano, um dos meninos do quarto me lançou um olhar de indignação. Me limitei a mandar um beijo para ele enquanto voltava a dançar e vestia a graciosa combinação que preparei para a ocasião.

    Delicadamente enxuguei meus cabelos com a toalha com movimentos suaves, então sentei-me diante do espelho e comecei a espalhar base por todo o meu rosto com uma esponja. Você deve estar me julgando neste momento, mas que culpa tenho se posso ser ainda mais bonito com alguns truques? Deve ser difícil parecer com a Serena Winchester e não pensar em suicido todos os dias sem alguns truques que disfarçam pequenas coisinhas. Nunca digo que a vida é justa porque respeito as aberrações que encontro pelos corredores.

    Alguns minutos depois alguma coisa me dizia que nenhum homem poderia ser tão impecável quanto eu mesmo. Agradeci a mim mesmo com um sorriso angelical e finalmente deixei aquele castelo, me mantive caminhando lentamente ate chegar na entrada da festa.

    - Bem vindo ao inferno ou ao paraíso. – sussurrei para mim mesmo – População masculina, por favor não me decepcionem. – conclui antes de finalmente entrar.

    Luzes e música alta, sorrisos e mulheres movimentando-se como meretrizes. Todos aqueles rostos conhecidos pareciam bonecos engraçados por algum motivo estranho e inexplicável. Me aproximei do balcão evitando contato excessivo com aqueles corpos suaves, pedi ao garçom uma taça de vinho e recebi além do pedido um olhar de irritação. Suspirei e brindei a mim mesmo, dando um gole pequeno e me virando a tempo de ver a perfeição divina passeando pela terra.

    Movimentei os lábios em um sorriso irónico e me levantei, contornando o balcão e sentando-me ao lado de Eros . Observei seus lábios macios e por um impulso quase os toquei, acabei mantendo-me imóvel enquanto ele provavelmente se perguntava o motivo destes olhares atípicos.

    - As vezes penso que o cupido teria inveja do senhor. – pronunciei maliciosamente me aproximando do ouvido dele, usando a música como desculpa.



    + Look!

avatar
Nolan J. Barker
Ravenclaw
Ravenclaw

Mensagens : 2

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Elizabeth Mason em Sex Abr 29, 2011 10:14 pm

~xx~ Antes da festa ~xx~

Os dias tinham sido bem agitados e tudo o que eu queria era descansar um pouco. Minhas costas ainda doíam (resultado de uma crise de pânico que tive quando uma corujinha resolveu se aproximar mais do que deveria de mim mas detalhes...) e tudo o que eu queria era descansar alguns minutinhos. Entrei no dormitório e estranhei aquela movimentação toda, o que estaria acontecendo? -Nossa, tem certeza que o vermelho fic...LIZZIE! -Rápido, diga sem pensar, qual você gosta mais? - Fui desperta de meus devaneios pelo chamamento “sutil” de uma sextanista, Chelsea (creio que agora até na Sibéria eles já sabem que meu apelido é Lizzie), que me mostrava dois vestidos. Vestidos?! Que dia é hoje?! Fitei a garota tentando não transparecer que só AGORA tinha lembrado da festa no pub! O que era absurdo se considerarmos o quanto eu adoro festas mas... tanta coisa estava acontecendo na minha vida nos últimos dias que era incrível que eu estivesse sequer lembrando qual era o meu nome mas... agora não era hora pra isso. Sorri para ela e opinei- Hum, o azul destaca seus olhos mas... o vermelho, ele te deixa sexy o que seria bem útil se algum garoto tivesse te convidado... – parei e arregalei os olhos, se a minha amiga estava naquele estado, só podia significar que - Alguém te chamou?! – A resposta veio em meio a um abraço e um gritinho histérico que fez com que boa parte do dormitório se voltasse para nós com as feições curiosas. -Tudo bem que foi mais um grito no meio do corredor enquanto o fluxo de pessoas me levava pro lado oposto, mas foi tãaaaao lindo

Embora tenha sido quase esmagada, o que potencializava a minha dor nas costas, eu estava feliz por ela. Não que eu considerasse o garoto, Eric, uma pessoa maravilhosa mas Chel gostava tanto dele e parece que, enfim, ele tinha notado isso. E ainda que meu lado racional questionasse a sanidade mental dela por insistir naquele garoto respondeu apenas- Deve ter sido mesmo - ela torcia para que não tivesse soado sarcástica- Vem, eu te ajudo, afinal a causa é nobre – “Muito embora a companhia não seja”, completou em pensamento. Virou pra quartanista para quem Chel pedia opinião antes dela entrar no dormitório, piscando pra garota que parecia um tanto perdida diante daquelas duas- Pode deixar que daqui eu assumo...- assim que a guria se afastou- Então... ele vai te esperar aqui na Comunal ou só vai te encontrar lá no Pub? - eu torcia pela 1ª alternativa mas em se tratando do tal Eric, tudo era possível. Aguardou a resposta de Chel, ao passo que observava aquela histeria toda das garotas perdidas em preparativos para uma simples saída noturna. Nunca tive muita paciência para esse tipo de coisa, então voltei a me concentrar em Chel--Vamos nos encontrar aqui às 8h. E você? Já decidiu se vai ou não?

Sim, aquela era a pergunta que eu temia, sentei sobre minha própria cama - Bem, eu ainda não decidi...- e emendei para que ela não tivesse tempo de raciocinar - Chel, se você quer o Eric a seus pés coloque logo o vermelho! – Notou que a amiga deixou de olhar para os vestidos, fitando-a como se fosse algum alien ou coisa do tipo.-Como assim "não decidi"? Você vai sim. Se quiser eu peço pra Eric algum amigo e..

Tudo menos aquilo! Qual amigo Eric convocaria para acompanhá-la? Tinha medo só de cogitar! Não se importava em ir para a festa sozinha, era até melhor... Então respirando fundo, respondi - Não quero nenhum amigo do Eric e ...Ah! Eu disse que ainda não decidi, o que significa que posso aparecer por lá - Estava torcendo para que ela aceitasse meu argumento mas Chel voltou a falar -Pois arrume vontade! Você vai comigo sim! Quero ver você linda mais tarde. -Disse isso enquanto jogava o outro vestido em sua direção – Mas Chel – diante da expressão determinada da garota soube que só tinha uma saída: ir a tal festa. Suspirou resignada – Está bem! Você venceu! Mas ainda acho que o vermelho ficaria melhor em você.- A outra fez um gesto de negativa com a cabeça - Se consigo ficar sexy no vermelho, também consigo no azul... Ainda mais quando ele destaca os meus olhos!- Se aproximou de mim e me deu um beijo na bochecha – Você tomou a melhor decisão, precisa se divertir, voltar a ser a Lizzie de sempre - Piscou pra Lizzie e prosseguiu – Agora trate de começar a se arrumar que EU não pretendo me atrasar pra festa e pro meu encontro com Eric! - Fez aquela expressão que sonhadora só os apaixonados tem e sorriu, caminhando na direção do banheiro. Certo, agora ela estava intimada a ir para o baile. Julie McMillan, que estava ajudando Chel antes de eu chegar se predispôs a me ajudar também, ao que delicadamente recusei – Pode deixar, eu consigo me virar bem... - Bem, era a hora de incorporar a Lizzie do mundo trouxa, das recepções realizadas pelos pais, aguentar a dor e cair na balada com meu melhor sorriso. Quem sabe isso me animasse?

~~XX~~ Now, the party don't start 'til I walk in ~~xx~~

Cheguei ao tal pub e olhei para o ambiente ao meu redor fascinada, estava certa de que me divertiria muito! A dor nas costas?! Acho que ela tirou um recesso! Assim que entrei, consegui divisar apesar da escuridão reinante as figuras de Mariah, Nicolle e Dominic. Me aproximei e os cumprimentei como de costume e completei, após dar aquele meu melhor sorriso, aquele que papai classifica como encantador - Boa noite gente!


Observações by Patynha:
- Ela é entrona mesmo!!! Interagiu com Dom, Mariah e Nicolle, se quiserem que eu edite qualquer coisa é só me avisar, ok?
- Chel e Eric, são apenas NPCS.
Look - ignorem o cabelo curto.
avatar
Elizabeth Mason
Gryffindor
Gryffindor

Mensagens : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Serena Winchester em Sab Abr 30, 2011 4:47 pm


I leave my head and my heart on the dance floor
Stop calling, stop calling, I don't wanna talk anymore
I leave my hand and my heart on the dance floor

    A festa era boa, estava agitada e o que me deixava ainda mais feliz era os olhares que eu recebia, eu adorava um pouco de atenção, mas afinal qual garota não gostava de olhares voltados a ela? Respirei fundo mexendo no cabelo e o jogando para trás, a também um toque infalível para atrair homens, eles ficavam bobos. Minha irmã ainda não tinha chegado e eu dava graças à merlim, ninguém precisava daquela loira chata falando a noite inteira no seu ouvido, não me surpreenderia se ela estivesse lendo e deixando de lado uma das festas mais agitadas de Hogsmead.

    Peguei o copo e dei uma pequena golada no drink, logo fui surpreendida por uma voz masculina que eu bem conhecia. Odiava esse jeito que ele chegava falando no ouvido das pessoas, sentia cala frios. – Max... Disse em um tom baixo, só para mim, abrindo um sorrisinho. Logo vieram as provocações, suas mãos na minha cintura e o beijo provocante no pescoço, respirei fundo, porque mesmo eu não admitindo eu tinha uma queda por ele, mas qual garota não tinha? A pergunta era ‘O que eu fazia agora?’

    Peguei em suas mãos fazendo o tirar as mesmas da minha cintura, girei meu corpo de modo que ficasse de frente pra ele. – Max, você não tem coisa melhor para fazer? Falei em um tom sarcástico, levantei e abaixei o vestido que tinha incurtado porque eu estava sentada. Podiam achar até loucura eu o tratar assim depois da provocação sexy que ele fizera a pouco, mas todos sabiam que nossa relação era como gato e cachorro. Sai andando pelo salão que estava animado, só esperava que ninguém derrubasse algo em mim. Dei algumas olhadas e olhei para Max que não estava tão longe.

    Uma outra música agitada começou, dando a exaltação de antes, obviamente comecei a dançar, não queria saber o que os outros iriam dizer, se a idéia era provocar então okay não vejo problema algum nisso. Fui até Max com passos sensuais, ta eu esperava que não tivesse nenhuma criancinha ali, porque eles não iam gostar de ver minha dança sensual. Eu adorava provocar. Quando a música deu aquela paradinha típica e ficou lento como qualquer música agitada fica, coloquei meus lábios bem próximos dos dele; mas assim sim sem tocar nele.

    Passei a mão em seu rosto e coloquei meus lábios em sua orelha. – Você não é o único que sabe provocar baby. A maioria dos alunos que estavam ali estava bêbados e não sabiam o que estava fazendo, eu sabia muito bem o que eu estava fazendo e não deixaria de fazer porque minha irmã patética achava errado ou porque as pessoas iriam comentar, eu sempre digo que quem fala muito é invejoso, se as pessoas cuidassem apenas de sua vida o mundo estaria ótimo.


NOTES: Qualquer coisa eu edito.
TAG: Max Ford
SHEETS: Click Here!
MUSIC: Telephone - Lady Gaga
NUMBER: Two.
TEMPLAT: My, do not copy!.
LOCATION: Pub Misysbars .
avatar
Serena Winchester
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 6

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Karina Kucher em Ter Maio 03, 2011 2:25 pm

sometimes i'm just out of control

it's hard loving a woman like me
------------------------------------------------------------

    Eu me olhava no espelho tentando-me de alguma forma identifica, eu me sentia como se não tivesse identidade, é isso que acontece quando você não faz por você e sim pelos outros, estava cheia de tudo, mas guardava pra mim. Fui até o armário de roupas escolher vestes para essa noite que talvez não fosse das melhores, mas fazer o que. Coloquei um vestido não muito curto e uma bota com salto com talvez três centímetros, era uma ronda então eu não ia de saltão. Peguei um sobre tudo de couro e coloquei por cima do vestido complementando a roupa que ficou algo bem bonito e estiloso.

    Não sabia qual seria meu parceiro, mas garanto que qualquer um serviria. Respirei fundo pegando a varinha e colocando o capuz do sobre tudo, ah é claro a maquiagem algo não muito forte apenas um batom, lapiz no olho e uma sombra. Eu odiava aquele feitiço, mas era um dos mais eficientes, então o usei e não demorou muito parei quase de frente para o Pub, estava bem agitado os alunos pareciam se divertir, quanta desilusão na vida, havia dois Auror enormes na porta, não sei bem o que estavam fazendo ali, sai da sombra, mas parecendo que ia atacar o local do que protege-lo. Tirei o capuz mostrando quem eu era.

    Olhei para os lados e me direcionei para a porta do Pub. A conversa era horrível, alguns alunos estavam no chão passando por mal por quanto da bebida, revirei os olhos e guardei a minha varinha no bolso do sobre tudo. Festa chata, alunos chata e irritantes. Olhei o seu que estava um tanto estralado, me perguntava quando meu parceiro de vigia ia chegar, certamente era mulher, tava demorando. Apesar da concentração a música que tocava lá dentro me irritava. E enfim, apareceu. Mas para minha surpresa era Henry, depois do incidente não achei que ele faria rondas tão de presa.

    Eu ódio admiti, mas ele era charmoso tá na cara, mas não ia ficar me distraindo com isso, só esperava que ele não fosse um daqueles mesquinhos que ficam perguntando como é ser Comensal e todo aquele bla bla de sempre. – Boa noite Dashwood, disse quando ele estava próximo o bastante para escutar. Eu gostava de ação acho que seria capaz de por fogo em alguma coisa só para me divertir, era tão chato e estressante ficar ali sem fazer nada. – Por que esses fedelhos fazem tanto barulho? Olhei para dentro vendo como eles pareciam animais em bando soltos.

------------------------------------------------------------


    words 421
    tagged: Henry Dashwood.
    roupa Click !
    notas do autor: Juh fico ruim, porque é o primeiro!
    local: Festa do Pub
    créditos: Lady Marmalade do OOOOPS!
avatar
Karina Kucher
Auror
Auror

Mensagens : 12

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Eros Lecter em Qui Maio 19, 2011 4:51 am


    The boys and girls in the clique,

    The awful names that they stick

    You're never gonna fit in much, kid


    Eros não podia ser chamado de o Senhor Festa, o que confrontava um pouco a sua idade, sempre foi mais na dele, apesar de vez que outra fazer uma festa, e esquecendo algumas loucuras que fez durante as suas viagens, Eros teve seu momento de rebeldia. Contudo, foi escolhido carinhosamente, obviamente por ser o mais novo, para ir até a festa dos alunos, ficando até o FINAL da mesma para cuidar dos adolescentes inconseqüentes. Ele até que não se importou, era um bom motivo para cuidar uma pessoa em especial. Não que fosse fazer qualquer coisa a não ser o seu dever, mas ficar de olho não faria mal a ninguém, principalmente depois dos últimos acontecimentos na Torre de Astronomia. Outro fator, que era uma vantagem em relação aos outros professores, era que Eros tinha seu relógio totalmente invertido, trocava a noite para o dia, literalmente. A astronomia é culpada disso, afinal, as melhores observações são feitas pela noite, e as suas aulas são dadas pela noite, resta o dia para Eros dormir.

    Finalmente chegou o dia da tal festa em Hogsmead. Eros já estava preparado psicologicamente para as alunas que iriam dar em cima dele na primeira oportunidade que tivessem, o controle que teria que ter caso alguém extrapolasse na bebida ou na comemoração. Tomou seu banho, colocou uma calça jeans, um sapato, uma camisa listrada com gola v e uma jaqueta de couro preta, queria estar discreto.

    Deu um tempo, mas tinha que chegar no horário, não tão cedo, mas não tarde, e de preferência, não dar muito na cara que estava indo, ele estaria indo para monitorar os alunos, tinha de ser discreto. Chegou ao tal bar quando o local já tinha bastante gente, deu uma volta, foi até o bar, pegou alguma coisa para beber e foi sentar-se num sofá que havia do lado do bar, procurando Alice no meio de todos aqueles alunos.

    Até que um aluno seu senta ao seu lado e aproximando-se de seu ouvido, lhe canta. Eros olha para ele, demorando a entender o que ele quis dizer com aquelas palavras, obviamente fazendo uma associação ao seu nome e a mitologia por trás dele. Eros ficou sem jeito, mas se conteve e riu de leve, se afastando de leve do garoto. – Ah, er... Duvido muito, mas é apenas um nome. – Cumprimentou o garoto. – Boa noite Sr. Barker. – Não sabia que assunto puxar com ele a não ser falar de sua própria aula e perguntas aleatórias. Tomou um gole de sua bebida, pensando que na próxima poderia pegar algo um tanto mais forte, não estava preparado para cantada de alunos, mas sim de alunas. Porém, Eros tinha suas origens na Lufa-Lufa, não seria grosso nem mal educado, agiria como age com todos seus alunos, de forma espontânea e tímida ao mesmo tempo, falando sempre de coisas mais nerds do que habituais, logo, de estrelas. – Gostando da festa? – Olha em volta, pensando no que poderia falar ou como poderia se escapar dali, mas no fundo, procurando mais ainda Alice. – Parece estar sendo bem legal para vocês. – Sorri de leve, ainda sem graça.

avatar
Eros Lecter
Professor
Professor

Mensagens : 64

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Henry Dashwood em Ter Maio 24, 2011 10:44 pm

I'm coming up,
So you better get this party started

Pub MixysBars / 15 de outubro / Post 01
“Venho por meio desta carta solicitar um grande favor do Ministério da Magia, pois creio que as minhas intenções poderiam trazer problemas se não forem devidamente organizadas e protegidas. Eu, Lawrence, como Diretor da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, analisando a situação para qual meus estudantes estão inseridos, gostaria que o Departamento de Aurores disponibilizassem alguns de seus membros para assegurar a segurança da festa que estou cuidadosamente planejando e digo também que, se for facilitar o trabalho destes, me disponibilizo a aceitar sugestões de lugares mais seguros, assim como garanto que deixarei o departamento agir conforme seu julgamento caso algo venha a ocorrer (...)”

Eu passava os olhos pela carta que tinha chegado ao departamento há mais ou menos um mês atrás, em que o velhaco de HogHog fazia uma solicitação para realizar uma festança pra molecada, e para isso, pedia uma patrulha para garantir-lhes proteção. Agora, você provavelmente deve estar pensando que eu devo ter tirado sarro do diretor por querer fazer-nos de babás de seus queridos a amados animaizinhos de estimação, mas acontece que para mim, festa é festa, não importa como, onde ou de quem. O importante é que eu sempre vou. E com todo o trabalho que o Ministério estava arrumando para o Departamento de Aurores, eu mais que merecia umas cervejas, whiskys, e seja lá o que o bar Garrett ofereceria. Alias, nada mais estratégico do que realizar a festa no bar de um auror, não? Palmas para Lawrence, se é que foi ele que teve essa idéia. Pois é, a carta era longa e eu não li inteira. Não me julgue, você também não gostaria de decifrar aquela letra afeminada, construída por perninhas no M e no P, e em quase todas as outras letras. UM EXAGERO. Enfim, esse é o momento em que passa pela sua cabeça algo como: Middleton e Campbell deixariam o gostosão Henry fazer uma patrulha após todos os acontecimentos na Estrada empoeirada que leva a Hogsmeade? Em que ele QUASE permitiu o assassinato de metade do Mundo bruxo? (Sim, os jornais ampliaram a pequena vila de Hogsmeade para metade de nossa sociedade) Dashwood seria capaz de cumprir corretamente sua missão, sei lá mais o que, blá, blá, blá? Questões, questões, questões! INTERMINÁVEIS questões que agora se opunham a minha eficiência como profissional. Bem, vamos resumir o negócio todo: Miss Camp seduziu Sir Middle com sua cara de cachorro carente para me tirar da jogada, obviamente. Mas eu não me dei por vencido e usei o resto do mês para torrar a paciência de todos eles... e conseguir milhares de “nãos”. HAHAHA’ Brincadeira, eles deixaram sim. Lógico que eu tive que fazer 37897489374893789739753897589374 promessas de que prestaria muita atenção nos aluninhos fofinhos e não deixaria sequer eles espirrarem no chão, para que suas melecas não fossem a razão de um mané escorregar no meio da pista e quebrar... sei lá, o dente canino, ou então, alguém derrubar um copo no chão e um segundo mané cair e furar o fígado. Sabe, essas coisas todas que sempre acontecem em festas.

Aparatei em frente ao Pub Mixys&AlgumaCoisa, e dei de cara com uns grandalhões que ficavam atrapalhando a passagem do minúsculos alunos. Eram dois aurores, que eu não me lembro o nome e que fizeram uma cara de mandrágora assada no forno quando eu me aproximei com toda a elegância que um jovem como eu poderia ter dentro de uma camisa branca, sapatos lustrosos e calça jeans. Sim, calça jeans. Nada daquelas frescuras de calça social, porque quem usa calça social é velho no dia do seu enterro. Aproximei-me dos gigantes da porta e eles logo abriram passagem, me deixando adentrar o local e descobrir que minha parceira do dia, aliás, da noite, seria KUCHER! Vamos lá, não á pra reclamar. – Boa noite Dashwood – ela me comprimentou e eu apenas assenti com a cabeça, pra logo depois percorrer com o olhar o ambiente. Alunos, alunos, alunos, alunos, professor, alunos, alunos, que tédio, alunos, alunos, música, alunos, alunos, BAR, alunos, alunos. – Por que esses fedelhos fazem tanto barulho? – Kucher me interrompeu, impedindo que eu terminasse de observar tudo o que acontecia. – É o que acontece quando ficam socados naquele castelo, sem nenhuma diversão – conclui rapidamente, deixando a morena parada na porta e acotovelando tudo o que passava na minha frente para chegar até o bar. – E ai, professor! – disse, pegando um copo de vinho que estava em cima do balcão, provavelmente do garoto fedelho de Hogwarts – E ai garoto fedelho de Hogwarts! – o cumprimentei também, dando um sorriso forçado. – Aproveitem a música, e finjam que dançar mal não importa. – levantei o copo, como se fosse um brinde, aproveitando para escapar dali. – Não vai socializar, não? Aproveita que em festas todos ficam fáceis – pisquei para Karina, assim que voltei a seu lado. Tomei um pouco do vinho do garoto, esperando que ele não tivesse jogado nada ali.

OFF: citei o Eros e o Nolan! Espero que não tenha problemas (:
Sabry, desculpa a demora e o PÉSSIMO post. Não ficou tão bom quanto eu gostaria.
avatar
Henry Dashwood
Auror
Auror

Mensagens : 40

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Karina Kucher em Qua Maio 25, 2011 3:02 am

sometimes i'm just out of control

it's hard loving a woman like me
------------------------------------------------------------

    Estava tudo bem, nada calmo é claro afinal aqueles alunos parecia que nunca tinham tido uma festa, estavam todos afobados dançado de forma provocativa o que me dava náuseas. Henry demorou a chegar, mas chegou e foi se misturando a festa eu fiquei olhando até que o perdi de vista por causa dos alunos que se tumultuavam de forma fácil, respirei fundo centrado meu olhar para porta, mas peguei um copo de vinho e também fui andar para tentar deixar meu humor um pouco melhor, já que ele não estava ajudando em nada, minha cara de má não ajudava em nada, pelo menos eu acho.

    O vinho até era bom, o que era estranho, ou talvez tivesse me oferecido algo bom por que eu era uma Auror, não uma das mais sensatas mais era uma. Estava a andar até que parei novamente na porta olhando para os dois brutamontes que cobriam quase todas a passagem, estava indignada até que Henry chamou minha atenção com as seguintes palavras. – Não vai socializar, não? Aproveita que em festas todos ficam fáceis. Não me importei muito, mas eu respondi dali mesmo. – São crianças, seria um abuso. Sorri e virei o copo de vinho sentindo o gosto um pouco amargo, mas fui em busca de outro e outro.

    Eu não era do tipo de mulher que bebia, mas acho que havia passado da conta já estava meio sonsa meio organismo gritava para eu parar, mas eu ia bebendo, acho que não era sensato da minha parte fazer aquilo ainda mais que eu estava em vigilância, e como se vigia alguém estando um porre de bêbado? Acho que nem tem como, quando eu já estava totalmente alta eu parei e comecei a dançar um pouquinho, mas nada extravagante como as garotas de Hogwarts.

    Alguns garotos tentavam chegar a mim, eu sorria, dançava um pouquinho e os empurrava para traz em um gesto sexy, não dava para perceber que eu estava um pouquinho alta, mas estava solta demais para a idéia que eu tento deixar de mim, uma mulher fria que nunca se diverte que já viu coisas horríveis e fez também. Vi Henry bebendo e fui até ele calma com os passos leves andando de forma correta e certa, quando parei logo a sua frente acho que perto de mais com nossos corpos quase grudados e eu querendo liberar energia, não sei se ia dar certo ainda mais com ele eu sabia a típica fama que esse jovem rapaz tinha.

    - Adoro essa música. Chamava-se Till The World Ends que eu me lembrava, minhas pernas me mandavam dançar e foi o que eu fiz e sendo tão sexy quanto a cantora que tinha a composto, acho que tirar meu roupão não foi uma das outras idéias boas da noite, afinal eu estava com uma roupa toda preta colocada ao corpo de couro. – Vem dança comigo. Apesar de eu estar um pouco fora de mim, do que eu queria mostrar as pessoas, minha voz era normal nem um pouco alterada, acho que estava precisando mesmo era me divertir só não sei se ali seria o local mais adequado.

    De repente eu comecei a prestar demais a atenção em Henry, cheguei bem perto quase que o beijando, não estava sendo oferecida. – Eu bem que podia te beijar, mas isso vai contra as regras. Sorri olhando diretamente para seus olhos e larguei o indo para um local mais afastado aonde chegava o som, mas estava menos alto e eu conseguia pensar um pouco, coloquei dois dedos no meu pulso e tentei diminuir meus batimentos respirando fundo. Dei uma leve arrumada no meu cabelo todo cacheado, que estava tão bonito.

------------------------------------------------------------


    words 616.
    tagged: Henry Dashwood.
    roupa Click !
    notas do autor: Hoho, qualquer coisa Mp baby ;D
    local: Festa do Pub
    créditos: Lady Marmalade do OOOOPS!
avatar
Karina Kucher
Auror
Auror

Mensagens : 12

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 15/10 | FESTA no Pub MixysBars - noite

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum