Tópicos similares
Hogwarts Revelium
MSN GROUP
group1378820@groupsim.com
15 de Outubro
sexta-feira
a temperatura agradável permite que os habitantes de Hogwarts andem com roupas leves. Durante o dia o céu é claro e bonito, fazendo com que os jardins fiquem lotados por alunos em busca de um banho de sol. A noite o céu é estrelado e há um grande movimento de alunos em direção a Hogsmeade por causa de uma festa que o diretor permitiu a presença destes.
AÇÕES:
- aula de aritmancia para o 7° ano
- aula de poções para o 6° ano
- festa no Pub MixysBars, em Hogsmeade




Últimos assuntos
» Bate-Papo.
15 de Outubro - Noite EmptyDom Jul 17, 2011 4:17 pm por Dominic Harvey

» 15 de Outubro - Noite
15 de Outubro - Noite EmptySeg Jun 27, 2011 11:43 am por Lucca Ragazzi

» Pegunta idiota, Resposta cretina...
15 de Outubro - Noite EmptyDom Jun 19, 2011 11:16 pm por Ethan Miller

» Confesso que...
15 de Outubro - Noite EmptyTer Jun 14, 2011 5:52 pm por William Kane

» 15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde
15 de Outubro - Noite EmptyDom Jun 12, 2011 3:28 am por Rosalie Marie Stewart

para parceria,
entrar em contato com:
hogwarts.revelium@hotmail.com

15 de Outubro - Noite

Ir em baixo

15 de Outubro - Noite Empty 15 de Outubro - Noite

Mensagem por Lucca Ragazzi em Dom Jun 12, 2011 6:57 am

Eu e a Rose somos muito geniosos, mas mesmo com as brigas e as discussões eu a amava e no fim sempre nos entendíamos. Eu não tinha si quer duvida do quanto amava, era algo que eu nunca tinha sentido antes por ninguém, mas só de pensar que outro a queria aquilo me deixava furioso, por isso tinha feito o que fiz com o tal do Grifinorio, o que causou toda aquela confusão depois.

No fim das contas tudo tinha ficado bem, a gente tinha se entendido, ela tinha me desculpado a final eu fiquei arrependido , não por ter batido no garoto, mamais sim pelo jeito que ela tinha ficado. Juro que não me importaria de ficar ali, pois qualquer lugar que estivesse estava bom para mim com tanto que ela estivesse ao meu lado. Mas já estava ficando tarde, então mesmo querendo prolongar o máximo a sensação maravilhosa que era senti os lábios dela nos meus, tínhamos que voltar para Hogwarts.

–Ah, ta bom.- Foi o que ela me disse em quanto caminhávamos de volta, e eu não pude deixar de comentar o quanto estava faminto, e de fato eu estava com fome mal lembrava da minha ultima refeição, de fato esses dias não tinha comido direito, para vocês verem como o fato de esta longe da Rose me afetava bastante.

Quando chegamos nos terrenos da escola , fiz uma proposta a ela de me encontra na sala vazia mais tarde, ela concordou comigo, nos despedimos e eu observei ela ir em direção a nosso salão comunal por um tempo e eu fui para cozinha, sim como eu disse eu estava faminto, então cheguei na cozinha e pedi para um dos elfos o que eu sempre pedia um bom pedaço de bife bem mal passado, e sim eu comia muito, afinal to em fase de crescimento.

Antes de ir para sala vazia pedi ao elfo para e preparar uma cesta com algumas coisas para comer, sim porque com toda a confusão sei que a Rose deveria esta com fome. Me dirigir para a sala vazia e coloquei a cesta em cima da mesa. Havia algumas velas que eu guardava junto com umas coisas minha, sabia que ninguém alem de mim entrava naquela sala mas ainda assim guardava sobre feitiço forte, puxei a varinha e fiz um gesto e em seguida tirei uma pasta cheias de folhas e uma caixa e as coloqueis sobre a mesa, juntamente com umas velas. Acendi as velas e voltei para onde guardava minhas coisa lá tinha por sorte uma camisa, estava vestindo quando escutei entrarem, olhei já sabendo de quem se tratava.

- Linda como sempre! – fale sorrindo me aproximando da Rose- eu trouxe algo para você comer pensei ..hum ..que talvez tivesse com fome! – falei meio sem jeito dando um beijo nela, toda essa coisa era meio nova para mim afinal nunca tinha demonstrado meus sentimentos antes.
Lucca Ragazzi
Lucca Ragazzi
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 57

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

15 de Outubro - Noite Empty Re: 15 de Outubro - Noite

Mensagem por Rosalie Marie Stewart em Dom Jun 12, 2011 7:51 am


Rosalie Marie Stewart | Sala Vazia | Post n°:01 | Post anterior: Estrada de Hogsmeade
Havia deixado Hogsmeade junto com o Lucca a pouco tempo. A principio eu pretendia dar aula para o Matt de poções, mas tudo mudou quando encontrei o Lucca no Três Vassouras. Quando digo que tudo mudou é porque mudou mesmo. Fiz as pazes com o Lucca, o Matt apareceu atrapalhando tudo, briguei novamente com o Lucca e por fim fizemos as pazes novamente. Confuso não?! Nossa relação não era de longe a mais fácil e tranqüila que havia e essa situação só tende a piorar. Primeiramente porque o Lucca é um tanto genioso, assim como eu. Segundo porque as pessoas o julgam muito mal e se algum dia meu pai souber sobre isso estarei ferrada.
Assim que chegamos ao castelo cada um seguiu seu rumo, eu vim para o salão comunal da sonserina enquanto ele ia em direção a cozinha. Assim que passei pela porta me dirigi para o dormitório feminino, ignorando o chamado das pessoas que estavam ali. Estava com pressa e não queria ninguém me atrapalhando, mas como nem sempre meu desejo era atendido uma menina do mesmo ano que eu me seguiu até o dormitório, onde ela começou balbuciar sobre os deveres que a gente tinha e mais algumas fofocas alheias. Sinceramente? Não ouvi nem um terço do que ela falava. Arrumei minhas coisas e tratei de ir direto para o banho. Pelo menos durante o banho tive um pouco de sossego.
Não demorei muito no banho e nem para me arrumar. Deixei meu cabelo solto e naturalmente ondulado. Coloquei uma roupa arrumada, mas não sabia o que o Lucca iria aprontar então optei pelo short jeans, blusa regata e jaqueta de couro caramelo. No pé vesti uma sapatilha e claro que não me esqueci da maquiagem. Olhei no meu relógio e notei que já estava tarde e provavelmente a noite já havia caído.
Sai do dormitório passando pela sala comunal, mas dessa vez ninguém parou para me chamar. Talvez perceberam que eu estava extremamente ocupada... muito ocupada! Subi correndo as escadas e tentava controlar a respiração para não parecer que eu estava correndo. Assim que cheguei no terceiro andar parei alguns segundos para respirar e parar de ofegar. Quando a respiração acalmou fui andando para a sala vazia e não muito longe da porta havia uma garota sentada com um livro no colo. Esta me olhou de uma forma muito esquisita, mas achei melhor ignorar e entrar logo na sala. Abri a porta e entrei sem hesitar, fechando ela logo atrás.
A sala estava como era de costume, mas dessa vez havia velas acesas, uma cesta e mais uma pilha de papel. Na verdade nada disso chamou muito minha atenção, mas sim o Lucca que estava colocando uma camisa. Posso dizer que pedir todas as minhas palavras quando o vi e momentaneamente me vieram imagens dele tomando banho. “Linda como sempre!” graças a Merlin o Lucca interrompeu a minha linha de raciocínio. Sorri para ele ao ver que se aproximava de mim. “eu trouxe algo para você comer pensei ..hum ..que talvez tivesse com fome!” retribui o beijo, trazendo ele para mais perto, mas achei melhor não provocar muito. Afinal toda aquela arrumação era um tanto quanto suspeita. –Obrigada, amor. Não consegui comer nada antes de vir para cá.- Dei mais um beijo nele e o puxei para perto da cesta. Sempre fui curiosa então não consegui me conter em não olhar dentro da cesta. –Não acredito!- Disse tirando um pacote de chocolate de dentro da cesta. Abri o embrulho tirando um pedaço e pousando na boca do Lucca para que ele mordesse e depois comi o restante do chocolate. Era a melhor coisa que podia te dentro da cesta! –O que temos para hoje?- Disse dando mas uma olhada na sala e mordendo mais um pedaço do chocolate.
Rosalie Marie Stewart
Rosalie Marie Stewart
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 38

Ver perfil do usuário http://www.graphicsland.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

15 de Outubro - Noite Empty Re: 15 de Outubro - Noite

Mensagem por Lucca Ragazzi em Seg Jun 13, 2011 11:51 am

No fim das contas rose e eu já estávamos de bem novamente. As coisas entre a gente era assim meio conturbadas, a gente brigava feio e logo depois fazíamos as pazes. Não era para menos pois os dois eram teimosos e orgulhosos o que dificultava uma conversa civilizada quando estávamos de cabeça quente, entretanto a gente se amava então não era surpresa que as brigas acabacem em beijos.

Aquela tarde não foi diferente, estávamos brigados e tivemos uma discussão feia depois nos reconciliamos e quando percebemos estávamos os dois no banheiro feminino recuperando todo tempo perdido, então para atrapalhar tudo chega um grifinorio metido a galã de novela mexicana, querendo por suas garrinhas para o lado da minha garota. No fim das contas fiquei fora do serio e dei uma boa porrada no garoto e arrastei a Rose comigo. Isso fora o motivo da segunda discussão entre a gente no mesmo dia, no fim acabamos nos acertando e voltamos para Hogwarts.

Combinei com ela de me encontra na sala vazia, onde tudo entre nos havia começado, era ate engraçado pensar do jeito que as coisas naquela noite começaram quem imaginaria que acabaríamos nos beijando.

Antes de ir esperar ela na sala, fui para cozinha onde parei para comer alguma coisa e também peguei algumas coisas para Rose comer, com tanta agitação no dia da gente eu duvidava que ela tivesse se alimentado. Quando cheguei na sala ela inda não estava o que me deu tempo de acender as velas para não ficarmos no escuro e de eu pega uma camisa que guardava junto com algumas coisas minhas ali.

Foi naquela ocasião que Rose chegou, pude ouvir a porta em quanto colocava a camisa que nem tinha chegado a abotoar. Virei-me indo a sua direção e não pude deixar de falar o quanto ela estava linda, e sorrindo eu disse que tinha trazido algumas coisas para ela comer, e dando em seguida um beijo no qual ela retribuiu me puxando para mais próximo dela. Eu perdia completamente a noção de tempo e espaço quando a beijava, mal coseguia raciocinar direito era um dos muitos efeitos que ela tinha sobre mim. –Obrigada, amor. Não consegui comer nada antes de vir para cá. – ela me deu mais um beijo e me puxou para junto da mesa com ela. –Não acredito! – eu observei sorrindo ela mexer na cesta e tirar um pacote de chocolate, do qual ela abriu e me deu um pedaço. – Viu ate que eu não sou um mal namorado! - ta quando dei por mim as palavras já tinham saído e eu fiquei sem jeito ela achou graça do jeito que eu tinha ficado em quanto ela saboreava o resto do chocolate. –O que temos para hoje?-Sorri no caminho vindo para cá eu acabei tendo uma ideia na qual dependia dela para acontecer. – Bem... eu tive uma ideia vindo para cá, na qual cabe você aceitar... para alguns seria uma proposta um tanto indecente... mas na minha visão comparado ao que já vivemos, acho que você aceitaria esse capricho meu...

Spoiler:
Surpresa ne bem ia postar esse so quarta mas aproceitei a folga na hora do trampo ^^
Lucca Ragazzi
Lucca Ragazzi
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 57

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

15 de Outubro - Noite Empty Re: 15 de Outubro - Noite

Mensagem por Rosalie Marie Stewart em Ter Jun 14, 2011 10:55 pm


Rosalie Marie Stewart | Sala Vazia | Post n°:02
Ah... Lucca. Ele estava provando ser um perfeito namorado. Claro que como todos ele tinha alguns defeitos, mas sem esses defeitos não teria graça certo? Acredito que uma relação que não aja nenhuma briga se torne um tanto monótona e sem graça depois de um certo tempo. Mas isso nunca aconteceria comigo e com o Lucca, pois o que a gente mais fazia era discutir e claro que depois fazemos as pazes e essa sempre é a melhor parte!
Voltamos de Hogsmeade e fui logo me arrumar para encontrar com ele. O combinado era que a gente se encontrasse na sala vazia depois que a noite tivesse caído. Assim como combinamos eu segui e fui para a sala vazia. Ao entrar deparei com o Lucca vestindo uma camisa e tive que me controlar para não acabar pensar em outro dia que ele estava tomando banho, todo molhado e... melhor parar por aqui. Adentrei na sala fechando a porta logo atrás de mim, afinal não queria que alguém visse ele quase descamisado, só eu tenho esse direito.
Ele veio logo me cumprimentar, me dizendo que estava linda e dando um beijo. Me disse que havia trazido comida, o que era bom já que eu não tinha comido nada. Fui dar uma olhada na cesta e a primeira coisa que encontrei foi chocolate! EU AMO CHOCOLATE!!!!! Dei um pedaço para o Lucca e comi outro, perguntei para ele o que teríamos para essa noite, afinal a sala até estava arrumada com um pouco de vela e não posso negar que toda essa arrumação é bastante suspeita. “Bem... eu tive uma ideia vindo para cá, na qual cabe você aceitar... para alguns seria uma proposta um tanto indecente... mas na minha visão comparado ao que já vivemos, acho que você aceitaria esse capricho meu...” o pacote de chocolate que e estava na minha mão caiu no chão e eu me controlei para não engasgar com o pedaço de chocolate que estava na minha boca. Indecente?! O que ele estava pensando em fazer naquela sala?? Já basta ter sido pega no Três Vassouras com o Lucca, se fosse pega aqui em Hogwarts se eu não fosse expulsa seria detenção na certa. Levei um tempo para responder ao Lucca o que ele havia falado, eu estava tentando absorver e pensar no que faria, mas ele ainda não havia me falado qual era essa proposta indecente. –Qual seria esse capricho então?- disse me abaixando para recolher o pacote de chocolate do chão.
Rosalie Marie Stewart
Rosalie Marie Stewart
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 38

Ver perfil do usuário http://www.graphicsland.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

15 de Outubro - Noite Empty Re: 15 de Outubro - Noite

Mensagem por Lucca Ragazzi em Sab Jun 18, 2011 2:16 am

Eu sempre soube que era um desastre com relação a sentimentos nunca fui muito bom em demonstrar qualquer coisa a não ser raiva. Rose era a primeira pessoa em anos com quem eu estava agindo de forma diferente, com quem eu realmente mostrava um lado meu que ninguém conhecia. Acho que era o efeito do que eu sentia por ela, me fazia querer cuidar dela, de agradar e atender todos os caprichos dela. Ta certo que de vez em quando ela a gente se desentendia, mas sempre fazíamos as pazes e essa com certeza era a melhor parte das brigas. Devo confessar que morria de medo de perder ela, por mais que ela repetisse que me amava, sempre teria uma parte de mim que viveria com medo de perdê-la.

Mas ali naquele momento com ela evitava pensar em meus medos, pensava só mente em cuidar dela, foi por isso que tinha uma cesta cheia de comida, pois sabia que ela não tinha tido tempo para se alimentar direito. E estava certo quando vi ela corre depois de eu contar sobre a cesta em direção a mesa. Ela adorou principalmente quando encontrou um pacote de chocolate do qual me deu um pedaço e continuou a devorar o resto, fiz ate uma nota mental de depois sempre levar chocolate para ela. Ela então quis saber o que tinham para aquela noite eu então comecei a falar obre uma ideia que tive a caminho para cá, e no qual alguns achariam uma proposta um tanto indecente, mas que eu achava que não era e que só caberia a ela aceitar um capricho meu.

A reação dela foi um tanto engraçada e me fez sorri ao ver ela derrubar o pacote de chocolate, então a conhecendo bem ela rapidamente se recompôs rapidamente, mas aqueles segundos foram suficientes para eu captar o que ela estava a pensar.–Qual seria esse capricho então?- Eu sorria vendo ela recolher o pacote do chão, observei ela por alguns momentos, e puxei uma das cadeiras me sentando. Fiz sinal para ela se aproximar e ela me avaliou com se estivesse pensando, levantei me sentando em seguida mas dessa vez trouxe a rose para sentar-se no meu colo. Deixa de bobagem amor sei o que ta se passando nessa cabeçinha linda...- beijei o pescoço dela e olhei nos olhos dela novamente com um sorriso divertido, ela me analisava como se eu fosse aprontar alguma coisa. O pouco tempo de convívio da gente foi suficiente para conhecermos cada gesto um do outro. mas não nada disso que eu tenho em mente, apesar de que seria bem interessante terminamos o que sempre começamos, você sabe o quanto me deixa doido ne!?! – dei mas uns beijos no pescoço dela voltando a olhar para ela – entretanto sei que não ta com cabeça para isso depois de hoje, e apesar de todo meu corpo te desejar e te quer a todo momento eu posso muito bem esperar ate o momento certo! –Falei acariciando o rosto dela – Essa noite a única coisa que quero é passar o tempo com você, meu capricho é que seja minha musa, quero que pose para mim para eu te desenha! –peguei a pasta sobre a mesa colocando no colo dela para ela ver meus desenhos que estavam misturados com algumas musicas – então o que me diz?
Lucca Ragazzi
Lucca Ragazzi
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 57

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

15 de Outubro - Noite Empty Re: 15 de Outubro - Noite

Mensagem por Rosalie Marie Stewart em Sab Jun 18, 2011 9:17 pm


Rosalie Marie Stewart | Sala Vazia | Post n°:03


Querido Diário,
Que o Lucca tem seu lado perverso não é novidade para ninguém, assim como todos também sabem que ele é bem estourado e que ninguém deve tirá-lo do serio. Mas não podia acreditar que ele realmente queria me fazer uma proposta indecente, logo ali na sala vazia.
O Lucca havia me preparado uma cesta com coisas para comer e a primeira que eu achei foi o chocolate, não era a toa que foi o primeiro, sou oficialmente uma chocólatra. Estava comendo o chocolate, havia perguntado que faríamos hoje já que ele me convidou para vir aqui. Podia até dizer que havia me arrependido de perguntar quando escutei a sua resposta. Ele me disse que havia tido uma idéia vindo para cá e que alguns achariam indecente. Deixei o pacote de chocolate cair e tomei cuidado para não engasgar. Ele me pegou de surpresa e desprevenida.
Perguntei para ele qual era essa proposta e me abaixei ajuntando o pacote de chocolate. Era incrível como ele ainda achava graça pela minha reação, ué... ele que faz a proposta e não quer que eu tenha uma reação?! Ele puxou uma cadeira se sentando e me chamando para aproximar. Hesitei avaliando o que ele pretendia fazer, mas antes de qualquer reação minha, ele se levantou e se sentou em seguida, mas dessa vez me levou junto a ele. “Deixa de bobagem amor sei o que ta se passando nessa cabeçinha linda...-” ele beijou meu pescoço e eu deixei que ele procedesse, pois eu ainda não tinha tido resposta de que proposta indecente ele estava pensando. “ mas não nada disso que eu tenho em mente, apesar de que seria bem interessante terminamos o que sempre começamos, você sabe o quanto me deixa doido ne!?! ” soltei um riso enquanto ele beijava novamente meu pescoço e eu sentia minha nuca se arrepiar. “entretanto sei que não ta com cabeça para isso depois de hoje, e apesar de todo meu corpo te desejar e te quer a todo momento eu posso muito bem esperar ate o momento certo!” agora ele tinha me deixado confusa, se essa não era a proposta indecente então qual era?! “Essa noite a única coisa que quero é passar o tempo com você, meu capricho é que seja minha musa, quero que pose para mim para eu te desenha!” AAAAAAAAAAAAAAAHH!!! Então era só isso?! Ele me entregou uma pasta e me entregou. Dentro dela haviam vários desenhos e muito bons por sinal. “então o que me diz?” Sorri para ele e dei um rápido beijo. –Será uma honra ser sua musa.- Dei um sorriso me levantando do colo dele.
Tirei a minha jaqueta, deixando sobre a mesa e fui até um espaço mais aberto da sala. Sinceramente não sabia como ficaria para ele desenhar, peguei uma cadeira me sentando. –Assim tá bom?- ok, eu não achava que ia ficar bom assim. Com um estalo tive uma idéia. Ia ser um tanto provocante, mas quem teve uma idéia indecente foi o Lucca e eu só iria aproveitar dessa idéia. –Tive um idéia.- Sorri para ele me levantando da cadeira e ficando de costas para ele e apoiei um joelho na cadeira. Respirei fundo me preparando para o que eu estava prestes a fazer.
Lentamente tirei minha blusa, a deixando cair no chão ao lado da cadeira e fiz a mesma coisa com o meu sutiã. Não ousei olhar para trás, sabia que ficaria ruborizada e preferia não ver qual era a reação do Lucca. Segurei o meu cabelo com uma mão e com a outra me apoiei na cadeira. –Que tal?- perguntei um pouco insegura se queria ouvir a resposta.
Rosalie Marie Stewart
Rosalie Marie Stewart
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 38

Ver perfil do usuário http://www.graphicsland.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

15 de Outubro - Noite Empty Re: 15 de Outubro - Noite

Mensagem por Lucca Ragazzi em Seg Jun 27, 2011 11:43 am

A rose tinha o poder de fazer com que eu fosse eu mesmo, com ela eu demonstrava um lado que poucos acreditavam que eu não tinha. Eu me preocupava com ela, e se pudesse vivia fazendo todas as vontades dela. Naquela noite queria ficar junto a ela, e pode ate parecer clichê de um cara apaixonado mas passa o tempo com ela em meus braços era a melhor coisa do mundo.

Em quanto ela comia o chocolate da cesta que eu trouxe para ela poder comer alguma coisa, eu disse que tinha uma proposta um pouco indecente para ela, bem conhecendo a Rose como conhecia não me foi espanto ela ter interpretado o que eu disse de uma outra maneira. A reação dela me fez achar graça, eu simplesmente estava adorando fazer tanto suspense, pedi para ela se aproximar quando me sentei na cadeira, mas já viu né depois do que eu disse que tinha uma proposta indecente todas minhas atitudes eram suspeitas, vi isso quando ela hesitou, bem diante disso me levantei e quando me sentei novamente tinha a trazido para se sentar em meu colo.

Então para tentar relaxar ela um pouco a despreocupei, falando que era para deixar de pensar besteiras, falava aquilo dando vários beijos no pescoço dela, continuei a falar que na era nada do que ela estava pensando, sim eu sei bem o que ela tinha deduzido, e por mais que ela me deixasse louco, eu iria ser um bom menino e me comportaria, então para não deixar ela mais confusa e curiosa eu disse o que queria ela como minha musa, queria que ela posasse para mim. –Será uma honra ser sua musa.- eu sorri observando ela se levantar do meu colo e caminhar em direção a mesa onde deixou a jaqueta sobre a mesa e puxou uma cadeira para se sentar no espaço mais amplo da sala. Naquele momento eu já tinha puxado meu bloco de folhas para desenho–Assim tá bom? - Eu sorri –Esta sim! Relaxe só isso ...- falei notando a incerteza dela, então ela me olhou e disse –Tive um idéia.- eu então esperei para ver o que ela tinha em mente e juro que quando ela se levantou ficou de costa para mim abri a boca para opinar mas as palavras faltaram quando vi ela tirar a blusa lentamente, naquela hora senti meus batimentos aceleraram, e quando ela fez o mesmo com o sutiã, putz o que era que eu tinha que fazer mesmo? Nem lembrava mais, minha garota ia acabar me matando uma hora dessas. –Que tal?- foi a voz dela me lembrou um pouco do que eu tinha fazer, a visão dela ali era mais que perfeita – esta perfeita, maravilhosa! – eu disse tendo um pouco de dificuldade de em organizar meus pensamentos, mas cosegui pegar os giz de pastel seco, e começar o desenho.

Spoiler:
post +/- feito as preças mas ta ai espero q goste
Lucca Ragazzi
Lucca Ragazzi
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 57

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

15 de Outubro - Noite Empty Re: 15 de Outubro - Noite

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum