Hogwarts Revelium
MSN GROUP
group1378820@groupsim.com
15 de Outubro
sexta-feira
a temperatura agradável permite que os habitantes de Hogwarts andem com roupas leves. Durante o dia o céu é claro e bonito, fazendo com que os jardins fiquem lotados por alunos em busca de um banho de sol. A noite o céu é estrelado e há um grande movimento de alunos em direção a Hogsmeade por causa de uma festa que o diretor permitiu a presença destes.
AÇÕES:
- aula de aritmancia para o 7° ano
- aula de poções para o 6° ano
- festa no Pub MixysBars, em Hogsmeade




Últimos assuntos
» Bate-Papo.
Dom Jul 17, 2011 4:17 pm por Dominic Harvey

» 15 de Outubro - Noite
Seg Jun 27, 2011 11:43 am por Lucca Ragazzi

» Pegunta idiota, Resposta cretina...
Dom Jun 19, 2011 11:16 pm por Ethan Miller

» Confesso que...
Ter Jun 14, 2011 5:52 pm por William Kane

» 15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde
Dom Jun 12, 2011 3:28 am por Rosalie Marie Stewart

para parceria,
entrar em contato com:
hogwarts.revelium@hotmail.com

03/09 | Três Vassouras - noite

Ir em baixo

03/09 | Três Vassouras - noite

Mensagem por Colleen Cavanaugh em Sex Dez 10, 2010 1:08 am



Para Colleen sair de Hogwarts não fora tarefa muito difícil. Não era a primeira, e certamente não seria a última vez que abandonava os limites do castelo durante a semana, para aproveitar o fim de tarde e início de noite a beber qualquer coisa num dos bares da vila, ou simplesmente caminhando sem destino. A temperatura calorenta permitia que sobre o corpo, levasse apenas as calças, e camisola de alças, e à cintura, um leve casaco. De facto, naquele momento, o pouco vento que neles batia sabia-lhe bem. Mas com o avançar do dia tinha noção que mais frio chegaria.

Deu uma pequena volta pelo lugar, passando a porta de numerosas lojas que já conhecia, andando calmamente e com rumo incerto. A luz do dia começava a diminuir aos poucos, sendo o azul do céu substituido por tons levemente mais escuros. Então, passou à porta do Três Vassoras, e neste entrou, sentindo imediatamente o ambiente mais acolhedor que no exterior. Dirigiu-se ao balcão, ao qual se sentou, esperando ser servida por um dos funcionários, a quem pediu um whiskey de fogo. Sabia que era errado, mas havia um deles que não se preocupava minimamente com a sua idade, servindo qualquer coisa que pedisse. E disso, a morena não via qualquer problema em aproveitar-se.

Distraida, ouvia os burbúrios das pessoas noutras mesas, sem compreender o que diziam, até que a sua atenção foi atraida pela primeira página de Profeta Diário que alguém deixara perdido ali. Um funcionário da Zonko’s fora levado por um comensal em plena luz de dia, enquanto outro homem fora morto no local. De todos os sítios daquela vila, aquela particular loja tratava-se na sua opinião de um lugar perfeitamente descartável. O tipo de material lá vendido não devia interessar a bruxos com mais de 10 anos. Mas certo era que o número de gente que conhecia e os possuia era ridiculamente grande. Talvez por isso não tivesse sentido nada ao ler o que se encontrava naquelas páginas

- Terrivel notícia, não acha menina? Nunca imaginai que uma coisa dessas pudesse acontecer aqui tão perto. Já nenhum lugar está seguro. Hoje de manhã, vir trabalhar foi um sacrifício. Só de imaginar se uma coisa dessas acontecer aqui. O que seria feito depois dos meus filhos, e da minha mulher? Um outro funcionário, desta vez mais velho encontrava-se perto de si. Certamente reparara na notícia que a garota lia, e decidira partilhar a sua opinião em vez de continuar a limpar o balcão como fazia antes. Percorreu o bar com o olhar, antes de o encarar, reparando por acaso em alguém que não devia ali estar do lado dos restantes funcionários. Era o dono dos dedos de mel. Não sabia o que ele fazia ali, nem porque olhava na sua direcção, mas não perdeu muito tempo a pensar nisso, pois voltou os olhos para o homem que a abordara. Para Colleen, conversa fiada com homens de bar não era a melhor perspectiva para o fim de tarde. – Não se preocupe. Eles não se incomodariam em vir aqui buscá-lo. Acredite. Há muito mais gente nas suas listas à frente de um mero servidor de bebidas. Mais rapidamente chegariam ao Dedos de Mel. – Falava segura e fria, referindo por acado a loja, como se soubesse do assunto, apesar de não ser esse o caso. No entanto, naquele momento, pareceu uma boa saida, para afastar dali o homem. E a reacção admirada foi a esperada.

- Os seus pais sabem que está aqui? E a beber esse tipo de bebidas? O homem perguntou em resposta, baixando um pouco o tom de voz e aproximando-se mais dela, quase como se parecesse desafiá-la. Mas isso apenas motivou o sorriso torcista que surgiu nos lábios da garota quando respondeu no mesmo tom de voz – E o seu patrão sabe que anda a dar conversa a clientes em vez de fazer aquilo para que é verdadeiramente pago? – Palavras chave, que surtiram o efeito que desejava. Observou o homem afastar-se do outro lado do balcão, quando de novo, os seus olhos cruzaram os do dono da loja de doces. Continuava a olhar para ela, e por alguns segundos, Colleen retribuiu o olhar, sem deixar transparecer qualquer emoção. Mas pouco depois, desviou os olhos, pegando na sua bebida, engolindo o que sobrava, sentindo o álcool descer pela sua garganta. Levantou-se, e deixando sobre o balcão o suficiente para pagar a bebida, dirigiu-se de volta à porta. Agora sim, o dia dera lugar à noite, pelo que o caminho de regresso a Hogwarts seria feito à luz da Lua.
avatar
Colleen Cavanaugh
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 108

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 03/09 | Três Vassouras - noite

Mensagem por Luke Spencer em Sex Dez 17, 2010 3:48 pm




Não iria dizer que não senti remorsos por ter entregado o dono da Zonk’s para o Scott, mas a ordem é essa de pegar todos os donos de lojas e manter em cárcere privado. Mas isso é uma ordem e tenho quem obedecer gostando ou não dela. Fui para o Três Vassoura para encontrar com o Dante e contar que já tinha executado a primeira parte do plano, sendo que quando cheguei, ele nem esperou eu entrar e já foi olhando pra mim e mandando ir para o canto do balcão.

O Três Vassoura estava meio lotado, fazia tempo que não via assim a loja. – Pronto missão completa. – Falei meio baixo para ninguém escutar, ele acenou com a cabeça – Agora é sua vez, sabe qual é, não é? - Ele olhou pros lados “Pode deixar comigo.” Okay, então a minha parte já estava feita e não tinha mas que me preocupar – Me manda a bebida mais forte que você tiver – eu esperando ele trazer a bebida noite uma garota que observava a mim e o Dante, aquilo não me confortou muito, olhando pra ela o Dante trouxe a bebida “O que foi Luke?” peguei a bebida e gole com vontade, havia engolido a metade do copo olhando pra ela – Aquela menina... Acho que ela ouviu nossa conversa. – Ele olhou pra mim com uma cara de ódio e foi em direção à menina, peguei-o em seu braço e segurei com força – Não. – respirei fundo e soltei aos poucos – Deixe comigo. – Olhando pra ela, ela fora em direção a porta, tomei um outro gole e sai atrás dela.

Chegando a porta ande estava a garota – Hey Gata, o que esta fazendo aqui uma hora dessas? – ainda era cedo da noite, mas ela aprecia ser uma das estudantes de Hogwarts, mas uma preocupação para mim, pois não poderia deixá-la saber de nada – E principalmente no três vassoura, tomando Whisky de Fogo? Sabia que é proibido para menores, ou será que você adora quebrar regras? – Olhei pra ela com um sorriso maldoso, afinal, adorava quebrar as regras, mas tinha que puxar assunto dela para poder Ficar ciente que ela não teria ouvido nada. Se fosse minha irmã já tinha pegado a garota pelo pescoço e a torturado ate ela dizer o que tinha ouvido ou até a garota morrer. Mas caso essa garota não fale por bem ela ira sofrer por minhas próprias mãos.



avatar
Luke Spencer
Comensal
Comensal

Mensagens : 17

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 03/09 | Três Vassouras - noite

Mensagem por Colleen Cavanaugh em Sex Dez 17, 2010 6:01 pm


Durante o tempo que permanecera no Três Vassoras, a noite arrefecera um pouco. Parou à porta, vestindo sobre os braços o leve casaco que antes levava à cintura, relembrando como fora boa ideia levá-lo apesar do calor que se fizera notar no final da tarde. Apesar da estação calorenta que era o Verão, chegada aquela altura do dia, com o desaparecer do sol, também parte do calor era com este levado. A noite ainda era uma criança. Mas talvez, sabendo que o percurso de regresso a Hogwarts ainda demoraria uns bons minutos, seria boa ideia começar a movimentar-se em direcção do castelo. De qualquer das formas, o caminho já seria silencioso, e percorrido à luz da lua.

No entanto, assim que se preparava para o fazer, foi interropida pela aproximação de um estranho, que se dirigiu a ela – Hey Gata, o que esta fazendo aqui uma hora dessas? E principalmente no três vassoura, tomando Whisky de Fogo? Sabia que é proibido para menores, ou será que você adora quebrar regras?– Parou para o encarar, apercebendo-se para sua surpresa de que quem ali estava era de facto o dono do dedos de mel, com quem momentos antes trocara olhares dentro do bar. Não reparara que este abandonara o local onde estava antes, e muito menos que a seguira até à porta, recebendo-o um pouco surepreendida. Não conseguiu deixar de reparar no sorriso maldoso nos seus lábios, sentindo-se grata por ainda estarem tão perto do bar. Havia ali demasiada gente para poder acontecer alguma coisa. Para além de que o homem era demasiado conhecido para se arriscar a isso sem ser mais tarde identificado. Afinal, apenas algumas portas ao lado, lá se encontrava a sua loja.

Tentou afastar esse tipo de receios tolos da cabeça, antes de o encarar, com a sua expressão neutra, não deixando transparecer nada do que lhe vinha na alma – Sempre pensei que o Três Vassoras fosse um local publico, no qual não tinha de justificar a minha entrada a ninguém. Muito menos a alguém que não me conhece, e que por isso nada tem a ver com o que faço ou deixo de fazer. – o seu tom de voz era frio, dando a entender que dela, o homem não conseguiria saber mais nada. Tentou-se lembrar do nome dele, que aparentemente, devia ser apenas uns anos mais velho que ela. Mas no momento, não foi capaz de o fazer – E agora, se não se importa, tenho outras coisas a fazer, diferentes de quebrar as regras acentuou irónicamente a expressão “quebrar as regras” de propósito, por este a ter utilizado quando a abordou inicialmente. A ideia era precisamente indicar novamente que podia afastar-se, pois dela, não levaria nada. Por isso, terminou, desviando o olhar, e dando o primeiro passo para se ir embora do lugar.
avatar
Colleen Cavanaugh
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 108

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 03/09 | Três Vassouras - noite

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum