Hogwarts Revelium
MSN GROUP
group1378820@groupsim.com
15 de Outubro
sexta-feira
a temperatura agradável permite que os habitantes de Hogwarts andem com roupas leves. Durante o dia o céu é claro e bonito, fazendo com que os jardins fiquem lotados por alunos em busca de um banho de sol. A noite o céu é estrelado e há um grande movimento de alunos em direção a Hogsmeade por causa de uma festa que o diretor permitiu a presença destes.
AÇÕES:
- aula de aritmancia para o 7° ano
- aula de poções para o 6° ano
- festa no Pub MixysBars, em Hogsmeade




Últimos assuntos
» Bate-Papo.
15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde EmptyDom Jul 17, 2011 4:17 pm por Dominic Harvey

» 15 de Outubro - Noite
15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde EmptySeg Jun 27, 2011 11:43 am por Lucca Ragazzi

» Pegunta idiota, Resposta cretina...
15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde EmptyDom Jun 19, 2011 11:16 pm por Ethan Miller

» Confesso que...
15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde EmptyTer Jun 14, 2011 5:52 pm por William Kane

» 15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde
15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde EmptyDom Jun 12, 2011 3:28 am por Rosalie Marie Stewart

para parceria,
entrar em contato com:
hogwarts.revelium@hotmail.com

15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde

Ir em baixo

15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde Empty 15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde

Mensagem por Rosalie Marie Stewart em Sex Jun 03, 2011 11:57 pm


Rosalie Marie Stewart | Estrada de Hogsmeade | Post n°:01 | Post anterior: Três Vassouras


Tinha sido carregada para fora do banheiro do Três Vassouras pelo Lucca e completamente contra minha vontade. Estava esperneando e gritando com ele para me colocar no chão durante todo caminho que ele fazia. As pessoas que passavam por nós ficavam olhando de forma estranha para nós e para evitar mais olhares eu decidi parar de espernear e ficar calada enquanto ele me levava para longe do Três Vassouras.
Assim que atingimos uma certa altura da estrada de Hogsmeade o Lucca decidiu me colocar no chão. Eu estava muito irritada com ele por ter me tirado do banheiro dessa maneira e principalmente por não ter deixado eu cuidar do Matt que estava ferido graças ao Lucca. Assim que meus pés tocaram o chão virei vários tapas no peitoral do Lucca. –Quem você acha que é para bater no Matt daquele jeito!- Parei de dar tapas nele por um instante, pois minhas mãos estavam doendo. – E você não tem direito de me tirar de lá desse jeito!- Estava emburrada e muito irritada, se continuasse perto do Lucca continuaria a bater nele.
-Quer saber?! Eu vou voltar e ver como o Matt está. E você não ouse me impedir!- Passei pelo Lucca indo em direção de Hogsmeade, mas sabia que o Lucca não me deixaria ir com tanta facilidade, ele iria me impedir de qualquer jeito. A questão é que eu ia ficar com peso na consciência se eu pelo menos não tentasse cuidar do Matt como ele merecia.
Rosalie Marie Stewart
Rosalie Marie Stewart
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 38

http://www.graphicsland.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde Empty Re: 15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde

Mensagem por Lucca Ragazzi em Sab Jun 04, 2011 2:22 am

As coisas acabaram saindo do controle no banheiro, a presença daquele garoto me tirou do serio e tudo piorou depois do jeito que ele se aproximou da Rose. Então acho que já deu para perceber que não pude evitar e parti para cima do moleque. Não quis nem saber, atingi ele no estomago e depois de dizer algumas coisas para ele soquei o rosto dele. Não queria esperar me virei peguei a Rose no colo para sair dali.

–Não!! Lucca, me coloque no chão agora!- Ela falava se debatendo e esperneando. –Me desculpe. – eu me perguntava por que diabos ela se importava com ele, fechei a cara com isso e ela continuava a espernear durante todo o caminho – Para com isso vão achar que eu estou te machucando! – mas acha que isso a impediu de continuar a fazer escândalo? Pois bem só piorou ate que eu desistir vencido pelo escândalo e os tapas, que já tinham me irritado. No meio da estrada para Hogwarts eu a soltei colocando no chão ela continuou a me esbofetear só que dessa vez no peito. –Quem você acha que é para bater no Matt daquele jeito!- franzi o cenho com aquilo agora era eu que estava de mau humor.

- ahh legal tava demorando, mas quando ele tava todo meloso pro seu lado você nem ligou para o que eu pensava?Ele me provocou, aquele metido não tinha nada que procurar intimidades com você!.. Bati nele sim e bateria muito mais, mas só não quebrei um braço dele ou ele inteiro por consideração a você, mas quer saber não me arrependo nem um pouco de ter resolvido do meu jeito... e se você não sacou o interesse dele é outro e não estudar! – Eu rosnei irritado.

– E você não tem direito de me tirar de lá desse jeito!

-Como não tenho direito? Você é minha garota tenho todo direito de não te querer perto de um cara que tem outros se interessem em você!

-Quer saber?! Eu vou voltar e ver como o Matt está. E você não ouse me impedir!

- Não vai não! – segurei ela pelo braço e a puxei para mim, ela se debateu – assim você vai se machucar! Porque diabos você se importa tanto com aquele idiota!?! A alguns minutos atrás você nem lembrava dele se ele não tivesse entrado no banheiro!
Lucca Ragazzi
Lucca Ragazzi
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 57

Voltar ao Topo Ir em baixo

15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde Empty Re: 15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde

Mensagem por Rosalie Marie Stewart em Sab Jun 04, 2011 5:39 am


Rosalie Marie Stewart | Estrada de Hogsmeade | Post n°:02
Ai! Como o Lucca me deixava fora de mim. Somente ele sabia me deixar irritada dessa forma, de tal maneira que eu poderia brigar feio, por mais que eu gostasse dele. Mas tinha algo nele que me prendia a ele, por mais que eu ficasse tão brava, no fundo eu ainda gostava dele. Estava definitivamente revoltada com a atitude de ter me arrastado para fora do Três Vassouras completamente contra a minha vontade. Eu realmente queria poder ajudar o Matt, ele devia estar ferido com dor e completamente sozinho no banheiro feminino.
O Lucca me levou até estar na estrada de Hogsmeade e foi apenas lá que ele decidiu me colocar no chão. Assim que meus pés tocaram o chão comecei a estapear ele. Sabia que meus tapas não surtiam muito efeito físico dele, mas talvez afetasse o psicológico. –Quem você acha que é para bater no Matt daquele jeito!- Sabia muito bem que não devia tirar mais ainda o Lucca do serio, mas dessa vez fui eu que fiquei fora de mim. “ahh legal tava demorando, mas quando ele tava todo meloso pro seu lado você nem ligou para o que eu pensava?Ele me provocou, aquele metido não tinha nada que procurar intimidades com você!.. Bati nele sim e bateria muito mais, mas só não quebrei um braço dele ou ele inteiro por consideração a você, mas quer saber não me arrependo nem um pouco de ter resolvido do meu jeito... e se você não sacou o interesse dele é outro e não estudar!” eu sabia quais eram os interesses do Matt, mas isso não importava pois não me sentia da mesma maneira por ele. – E você não tem direito de me tirar de lá desse jeito!- - esse era o verdadeiro motivo por eu estar brava. Não gostava quando me obrigavam a fazer algo que eu não queria. “Como não tenho direito? Você é minha garota tenho todo direito de não te querer perto de um cara que tem outros se interessem em você!
Ugh! Homens! Por que eles tem que ficar protegendo o território hein?! -Quer saber?! Eu vou voltar e ver como o Matt está. E você não ouse me impedir!—passei pelo Lucca, mas não fui muito longe, pois ele segurou meu braço e me trouxe para perto. Claro que eu não cedi facilmente e comecei a me debater contra seu toque. “assim você vai se machucar! Porque diabos você se importa tanto com aquele idiota!?! A alguns minutos atrás você nem lembrava dele se ele não tivesse entrado no banheiro!” ok. Eu tinha chego ao meu limite e se eu realmente explodisse, tadinho do Lucca. Soltei meu braço brutalmente, me virando para ele furiosa. –Eu estou pouco me lixando para o Matt! O que me deixa irritada é não me deixarem fazer algo que eu realmente quero! Já chega meu pai, eu não preciso de você também!- meus punhos estavam cerrados, meu rosto estava fechado e todos os meus músculos estavam tensos. –Eu só queria poder ajudar o Matt, afinal ele está machucado lá... e sozinho! Não me importa como ele se sente por mim, o que realmente importa é que eu não me sinto da mesma maneira por ele. Porque é de você que eu gosto Lucca.- Agora sim ele tinha me desarmado por total, e mesmo eu querendo brigar e bater nele, acabava me declarando.
Uma parte de mim queria sair correndo para o Tres Vassouras, apenas para não ter que encarar o Lucca, mas outra parte de mim falou mais forte, praticamente me obrigando a dar um passo em direção ao Lucca, antes de abraçá-lo fortemente.
Rosalie Marie Stewart
Rosalie Marie Stewart
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 38

http://www.graphicsland.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde Empty Re: 15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde

Mensagem por Lucca Ragazzi em Sab Jun 04, 2011 7:08 am

As coisas no banheiro feminino não tinham acabado muito bem no final das contas eu tinha acabado deixando o grifo engomadinho o chão machucado, depois dele me irritar, não por ele invadir o banheiro mas por ficar cheio de intimidades para o lado da Rose. E bem com aquilo meu ciúmes misturado com todos meus instintos me fizeram fazer o que fiz.

Para completar tirei a rose de La que não gostou nadinha da minha atitude e acabou só dificultando as coisas e por mais que eu falasse ela não parou de se debater e pedir para eu a por no chão ate que fiz isso. Ta ela tava brava e eu não conseguia entender
porque e as coisa que ela ia falando só vazia piorar, e conseqüentemente acabávamos discutindo e feio.


Não tinha jeito a gente sempre tinha que acabar brigando, eu tinha um gênio difícil e ela também , e o pior que dessa vez eu achava que não tinha feito nada errado, eu estava defendendo o que era meu.

Eu acho que fiquei mais revoltado quando ela falou que iria voltar para ver aquele garoto. Depois do que eu tinha feito era queria ir lá e cuidar do menino foi ai que não deixei e a segurei pelo braço, como já imaginava ela desaprovou minha atitude e tentou se livrar de mim, não deixei e quis saber porque ela se importava tanto com o garoto. Bem eu não falei exatamente assim mas a maneira que falei a irritou mais que ela conseguiu se desvencilhar de mim e começou a falar furiosa.


–Eu estou pouco me lixando para o Matt! O que me deixa irritada é não me deixarem fazer algo que eu realmente quero! Já chega meu pai, eu não preciso de você também! –As palavras dela foram duras, e eu não tive como me defender, preferi então ficar calado e ela continuou a falar –Eu só queria poder ajudar o Matt, afinal ele está machucado lá... e sozinho! Não me importa como ele se sente por mim, o que realmente importa é que eu não me sinto da mesma maneira por ele. Porque é de você que eu gosto Lucca- Se eu já havia ficado sem palavras antes a ultima parte do que ela disse me desarmou por completo, percebi o que eu estava fazendo e mal conseguia a encarar. Senti ela vim em minha direção e me abraçar tão forte que me fez sentir ainda mais culpado por deixá-la daquele jeito. – Rose!eu sussurrei buscando as palavras certas pra dizer o que queriaMe desculpa! Não queria te deixar assim... nem te impor nada... é que eu só não posso se quer imaginar outro te tocando e ele abusou... é algo que eu não tenho controle e eu tentei ir contra minha natureza... mas há cestos instintos meus dos quais não posso controlar, principalmente quando se trata de um sentimento tão forte como o que sinto por você! Eu te amo! acariciei os cabelos delaE sinto muito mesmo por te deixar assim...e se você quiser ... pode ir lá prometo que não vou te impedir – aquela ultimas palavras estavam me custando muito para ser ditas trinquei os dente e indo contra de tudo que sentia e meus instintos elas saíram.
Lucca Ragazzi
Lucca Ragazzi
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 57

Voltar ao Topo Ir em baixo

15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde Empty Re: 15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde

Mensagem por Rosalie Marie Stewart em Ter Jun 07, 2011 12:37 am


Rosalie Marie Stewart | Estrada de Hogsmeade | Post n°:03
O Lucca me irritava, me tirava do serio, mas mesmo assim eu continuava a amá-lo. Talvez eu pudesse brigar, bater de frente o quanto fosse necessário e ainda assim eu continuaria com ele. Não me importava se ele fosse um lobisomem, até achava interessante e me agradava. Sabia que assim ele me defenderia e não sairia correndo se algum perigo surgisse.
Depois de se carregada para fora do Três Vassouras e por mais um bom trecho da estrada de Hogsmeade. Quando ele finalmente me colocou no chão, comecei a estapeá-lo e brigar. Dizendo que não era certo ele ter batido no Matt e que também não podia me obrigar a ficar ali. Disse então que iria atrás do Matt e que o Lucca não iria me impedir.
Não adiantou de nada, pois é claro que o Lucca tentou me impedir. E com isso ele apenas conseguiu me irritar mais ainda, acabei explodindo e descontando toda minha raiva nele. Desembestei em falar e coloquei quase tudo para fora do que estava na minha cabeça e o que estava me incomodando tanto. No final, acabei me declarando para ele e sem uma parte de mim pedia para estar com ele, e outra queria que eu fosse atrás do Matt. Deixei a parte que queria o Lucca falar mais alto e dei-lhe um abraço forte.
Rose!”como eu gostava de ouvir a voz dele. “Me desculpa! Não queria te deixar assim... nem te impor nada... é que eu só não posso se quer imaginar outro te tocando e ele abusou... é algo que eu não tenho controle e eu tentei ir contra minha natureza... mas há cestos instintos meus dos quais não posso controlar, principalmente quando se trata de um sentimento tão forte como o que sinto por você! Eu te amo!” senti ele tocar meu cabelo e suspirei, afundando meu rosto em seu peito nu. “E sinto muito mesmo por te deixar assim...e se você quiser ... pode ir lá prometo que não vou te impedir” Respirei fundo, inalando o cheiro gostoso que o Lucca tinha e depois balancei a cabeça negativamente. –Não Lucca, eu prefiro estar aqui com você.- Sorri para ele me afastando um pouco para conseguir ver seu rosto. –Mas ainda me preocupo com o bem estar do Matt.- me estiquei na ponta dos pés e dei-lhe um selinho. –Só me prometa uma coisa, não tente me impedir de fazer algo de novo ok?!- Soltei um riso antes de beijá-lo novamente.
Rosalie Marie Stewart
Rosalie Marie Stewart
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 38

http://www.graphicsland.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde Empty Re: 15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde

Mensagem por Lucca Ragazzi em Sex Jun 10, 2011 3:32 am

Eu sou esquentado as vezes , ta quase sempre, mas eu tinha meus motivos aquele engomadinho tava querendo tirar casquinha da minha loirinha e bem eu não pude evitar e tive que da uma lição nele, mas essa minha atitude não tinha agarrado nem um pouco ela, e bem piorou depois que eu a arrastei pra fora do banheiro e
do três vassouras.


Ela foi esperneando o caminho todo ate que eu decidir por a Rose no chão, e olha que não ficou só no falatório não eu também levei uns tampas. Não gostei da ideia dela ir cuidar do outro então a discussão piorou quando eu a impedi, mas nos fins das contas eu acabei me calando com tudo o que ela disse, e eu me dei conta do quanto errado estava.

Naquele ela me abraçou e eu a envolvi, e pedi desculpas a ela, sim eu tinha pedido desculpas estava arrependido, mas tinha coisa que eu não podia evitar eram mais fortes que eu e por mais que me custasse eu disse que se ela quisesse ir ver o outro poderia ir que não irai impedir.

-Não Lucca, eu prefiro estar aqui com você.-Eu gostei muito de ter escutado aquilo e abri um meio sorriso –Isso me agrada e muito! eu acariciei o rosto dela. –Mas ainda me preocupo com o bem estar do Matt. – Não pude evitar de fazer cara feia ao ouvir o nome do garoto, mas logo mudei de fisionomia quando ganhei um selinho, ela sabia como mexer comigo - Não se preocupe, não o machuquei muito, só quis atrasa-lo por alguns minutos, tirando o nariz não terá sequelas – comentei com uma certa ponta de prazer ao lembra do soco que dei no garoto, bem e acho que a Rose percebeu e me deu um cutucão na costela – O que foi? – sorri tentando parecer inocente, ela então sorriu para mim e me beijou. Eu a abracei forte e corespondi com paixão, é acho que não tinha jeito eu não tinha como parecer inocente.-Vem vamos voltar para Hog em? já já escurece.. não podemos ficar aqui parados.-Me afastei um pouquinho dela ainda deixando com que meus lábios encostassem nós dela quando eu falava. –E eu também to louco de fome!- dei um sorriso sem vergonha antes de encher ela de beijos.
Lucca Ragazzi
Lucca Ragazzi
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 57

Voltar ao Topo Ir em baixo

15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde Empty Re: 15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde

Mensagem por Rosalie Marie Stewart em Dom Jun 12, 2011 3:28 am


Rosalie Marie Stewart | Estrada de Hogsmeade | Post n°:04
Minha relação com o Lucca com certeza não era das mais fáceis, mas também não havia como ela ser tranqüila, afinal, eu tinha meus problemas assim como o Lucca também tem. Além de tudo, vamos concordar que o Lucca não é uma pessoa muito tranqüila e fácil de lidar. Talvez fosse por isso que a gente se dava tão bem. Somos difíceis de lidar.
Para variar tivemos nossa discussão que estava começando a se tornar freqüentes. Claro que a conciliação era a melhor parte das discussões. Era ótimo poder fazer as pazes com o Lucca, mas mesmo assim as vezes temia que não fosse possível voltar a falar com o Lucca. Mesmo assim o Matt ainda era um problema, eu me preocupava com o bem-estar dele como me preocupava por qualquer outra pessoa, mas sabia qual eram os sentimentos dele, pois nunca fez esforço para esconder e agora que eu estava com o Lucca, isso ia ficar complicado.
Havia dito para o Lucca que preferia estar com ele, após sugerir que eu fosse atrás do Matt. “Isso me agrada e muito!” ele me disse em resposta, mas mesmo assim deixei claro que ainda me preocupava com o Matt. Sabia que apenas de mensionar o nome do Matt para o Lucca não era uma boa idéia, então tratei de dar um selinho e acalmar a fera antes que ele se irritasse de novo. Não se preocupe, não o machuquei muito, só quis atrasa-lo por alguns minutos, tirando o nariz não terá sequelas” notei a feição de prazer que estava estampada no rosto do Lucca e dei um beliscão em seu abdômen. Hey, não pode gostar não de deixar o menino naquele estado poxa... “O que foi?” ele tentou parecer inocente. Sorri para ele e depois o beijei, um beijo que foi correspondido com muita paixão pelo Lucca. Podia afirmar com toda certeza que eu estava completamente apaixonada e envolvida por ele.
Vem vamos voltar para Hog em? já já escurece.. não podemos ficar aqui parados.” Hesitei um pouco pensando se era a melhor idéia ir para Hogwarts, mas não queria pegar detenção. –Ah, ta bom.- Cedi então e comecei a acompanhar ele a caminho de Hogwarts. “E eu também to louco de fome!” se fosse possível, teria formado um ponto de interrogação sobre a minha cabeça. Não sabia se era brincadeira, se era serio ou se tinha um terceiro significado para essa frase.
Seguimos juntos para Hogwarts e no caminho ele me fez uma proposta. De encontrar com ele mais tarde na sala vazia. Concordei com ele e ficamos combinados de nos encontrar lá quando a noite caísse, porque havia que ser noite eu não tinha entendido, mas aceitei da mesma forma. Na verdade eu suspeitava de algo, mas esperava estar errada. Assim que chegamos na masmorra cada um seguiu para um lado, eu fui para o salão comunal da Sonserina, me arrumar é claro, e ele seguiu em direção a cozinha.
Rosalie Marie Stewart
Rosalie Marie Stewart
Slytherin
Slytherin

Mensagens : 38

http://www.graphicsland.zip.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde Empty Re: 15/10- Estrada de Hogsmeade-Tarde

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum